segunda-feira, 7 de novembro de 2011

E o tempo parou...


E o tempo repleto de encantamento ,
perdeu  toda a sua pressa,
e fez daquele momento...Eternidade!
Fitando aqueles dois amantes, percebeu que nada era
maior que o amor que os conduzia, na mais 
bela dança de amor!
E de seus olhos escapou uma lagrima...
Que qual chuva, caiu sobre aqueles dois corpos...
 Banhados então pela magia do tempo,
fez-se lenda aquele instante!
Nunca havia visto tanto amor,
Foi ali ,que o tempo se fez pequeno...
E as horas, ínfimas, diminutas ...
 E o tempo que não espera  ninguém 
 Cessou os passos e permitiu que aquele  sonho fosse eterno.
Não acelerou o beijo...E ele se fez lento e sentido...
Não apressou o abraço...E ele se fez terno e aconchegante!
E quando se amaram, ele suavemente fechou as cortinas das horas.
E nada , nem ninguém pode findar aquele amor .
E  Afrodite cantou..

Sandra Botelho


Tenho recebido , pedidos, para que eu mudasse o template do blog, pois não estavam conseguindo ler o vermelho no preto. Como para mim são vocês meus amigos queridos que mandam aqui...Pedidos aceitos. 
Espero que gostem. Bjos achocolatados

31 comentários:

ReltiH ReltiH disse...

LE PUSISTE MAGIA A LAS HORAS. BELLISIMO TEXTO!!!!!
BESOS

Ingrid disse...

o tempo é mistério delicioso..
beijos perfumados..

C@urosa disse...

E o tempo nos faz feliz, traz encantamento e a vida fica plena de harmonia e paz...E seus belos poemas sempre a nos cativar,parabéns amiga Sandra Botelho.

forte abraço

c@urosa

Paulo Francisco disse...

Sandra, impossível ler com o findo preto com letras vermelhas. Perdão, mas não consegui ver nada.
Um beijo.

Marcia disse...

Oi MENINA ACHOCOLATADA rs,que beleza teu poema ,embala e envolve,te desejo uma boa semana ,bjos!

Christian V. Louis disse...

Existem momentos que realmente deveriam parar... E talvez o façam, nós é que não percebemos.

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite querida !
Estava com saudades das tuas escritas...quase apimentadas,kkkkkkk
É neste tempo de reflexão que sentimos palavras sentidas e fascinante ...
Bjssssssssss

Pamela disse...

Que a paixão por amor corre nas veias delas ta mais que entendido, sentido por todos...
Que amor por sentir amada, por amor és o que te faz e que encanta... o tempo se aprisiona dentro do próprio tempo por desejo... Complemento de felicidade.
Ingrediente dos teus belíssimos textos é sua essência, seus sentimentos, seus encantamentos. Mais uma vez me encantastes com teu texto, lhe aplaudo flor. Super beijos, ótima noite e uma linda semana abençoada por Deus..

CEM PALAVRAS disse...

Sandrinha,
Estou em falta com você. Vou tentar vir mais vezes.
Eu quero um amor assim, amiga...
Ler esta postagem às três da manhã e sozinha, chega a doer, rsss
muitos beijos

Majoli disse...

AMEIIIIIIIIIIIIIIIII
Ficou lindo por demais da conta!
Lindo template, linda fonte, linda cor, linda Chocolate querida.

E o tempo parou...e você encantou!!
Quando te leio, sinto a magia voltando dentro de meu ser, é uma vontade de viver um lindo e verdadeiro amor...
Aqui tudo é mágico, amo, amo e amo.

Beijos enormes pra ti minha doce amiga Chocolate.
Saiba que lhe gosto de montão!!!

edumanes disse...

Seu aconchego é uma loucura
Nele me vejo perdido
De coisa boa ando à procura
Aqui tenho sido bem sucedido
Em ler os seus, lindos, poemas
No que estariam já a pensar
Noutros temas, certamente
Às vezes é preciso disfarçar
Com sensatez transparente
Para o que se deseja alcançar
Não seja pior nem diferente
Com seus doces beijos de chocolate
Seu rosto fica mais atraente.

Durma bem e tenha lindos sonhos!
Um beijo
Eduardo.

Braulio Pereira disse...

oi Sandra

Adorei


voltei com voce.



beijos doces!!

Luna Sanchez disse...

O poder do tempo cristalizando bem-quereres.

Lindo, amiga!

Um beijo grande.

BlueShell disse...

Sim sem dúvida...muito melhor.Já não faz doer os olhos.

Um amor nunca visto...é o que cativa- há poucos amores assim...profundos , extasiantes....envolventes...
Parabéns

Regina Rozenbaum disse...

Pra mim lia e engordava em qualquer cor (vc bem sabe!)mas ficou lindo; só não sei se a suavidade desse template combina com a intensidade de sua poesia. Às vezes Sandra, penso que é mesmo um milagre DIVINO momentos de amor vividos assim...onde a inexistência do tempo cronológico nos remete, direto, pra eternidade do sentir.
Beijuuss, amaaaada, n.a.

Nayara Borato disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Alma de poesia. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

Jorge Pimenta disse...

aprender a domar o tempo é saber amar.
beijinho e chocolate, querida sandra!

Paulo Tamburro disse...

Você é um mistério - e já andei dizendo isso por aí- a que a ninguém deverá ser dado o direito de desvendá-lo para que,exatamente como você acentua aqui,cessem os passos e permita que o sonho seja eterno.

Cessem os passos!

Nada mais adiante, o mistério deve ser preservado, ninguém ouse contrariar Zeus, escalar seu Olimpo , nem Hercules nos seus famosos doze trabalhos,conseguiria.

E nem deveria!

Existe no mistério a idealização da completude singular e única e que a realidade destrói.

O mistério nos permite alçar vôos infinitos de imaginação e maravilhosas fantasias sem a anarquia,barulho e constrangimentos da Marginal do Tietê.

Nas fantasias voamos entre blocos de algodão que pintamos de nuvens e o céu, colorimos de azul...se quisermos!

Afinal,ninguém deve exigir lógica nem coerência dos nossos devaneios à beira , muitas das vezes de uma abençoada insanidade.

E quem disse que os loucos por amor,não só normais?

E um homem que não souber, além do instintivo consumo dos prazeres da carne,obsessão típica que o gênero macho tem pelo o imediatismo da conquista e a gula de se empanturrar do chocolate proibido, repito,se não souber preservar o mistério, jamais verá desabar do seu rosto,aquela lágrima!

Sandra ,mistério e chocolate.

São indecifráveis e quem tiver juízo, jamais tente intervir neste multifacetado cadinho de uma fada madrinha que escolheu São Paulo para embelezar.

De santo , não tenho nada, mas quanto ao Paulo, aí sim eu me responsabilizo.

E como a fada madrinha pode transformar tudo,inclusive, sapo em príncipe, eu que não sou bobo nem nada ,abro mão da santidade e me agarro na última e derradeira chance de ser um sapo!

Quer que eu minta?

Abração carioca.

Charles Canela disse...

Há momentos em que conseguimos achar a vida perfeita. Pequenos instantes que nos dão uma esperança, né?

wcastanheira disse...

Um belo texto, uma lindura de mudança, ficou claro, com muita luz, por aqui é sempre bom visitar e ler suas belas pérolas, pra vc minha linda bjos, bjos e bjosssss

Machado de Carlos disse...

O tempo é pequeno, mas vejo na duração de cada sonho uma eternidade, como tudo fosse terminar abruptadamente. Valorizamos assim cada segundo.
Ah, amor! Uma intensidade quase confundível com uma lenda; a nossa lenda! São magias que unem nossos corpos todas as vezes que sentimos, reciprocamente, cada batida do coração.
Licitamente, choramos prantos com prazeres absolutos. Dessa forma seguimos a dança desse amor infinito, sem previsão para o término do tempo.

Lúcia Soares disse...

oi Sandra
belo seu blog e lindo texto abraços

Manuel disse...

Gosto de sentir todo este romantismo e toda a sensualidade que se respira neste espaço.
Adoro estas gotas de ternura e espero, sempre, esses beijos achocolatados.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Sandra! Eis que mais uma vez, aqui me faço presente para apreciar mais uma das tuas belas criações. Lindo poema amiga.

Beijos, um bom final de semana e um ótimo domingo pra ti e para os teus.

Furtado.

Daniel Costa disse...

Sandra

O amor a ser transformado em eternidade, tal como sempre devia ser. Ler-te é sempre fascinante.
Beijos

Silenciosamente ouvindo... disse...

Aprovada a nova imagem.
Tudo aqui é bom.
Beijinhos Sandra.
Irene

Marcia disse...

Gente como ta lindo esse blog achocolatada rs!!

ADOREI!
Um beijo ja desejando boa semana!!

Everson Russo disse...

Para o amor o tempo para,,,o olhar fixa no horizonte, e todos os sentimentos vão alem dos sorrisos...beijos de boa semana.

Toninhobira disse...

É preciso voce excluir do blogs favoritos o site "quemteama"pois é ele que esta gerando o alerta,abri agora e meu antivirus o bloqueou.
Caso seja o blog que voce segue nao quer dizer que voce vá exclui-lo,apenas retire o link dele dos blogs favoritos.
Caso nao esteja claro,fale-me.
Voce sempre com o amor nas pontas dos dedos com sua bela inspiração.
Bjão amiga.

Toninhobira disse...

Pefeito minha linda, eita menina ligeira.Tá tudo lindo agora.
Um beijão.

Flor da Vida disse...

Poema profundamente belo!
Amo te ler menina adorável!!!

Com certeza o novo visual ficou uma perfeição!

Beijos de Luz e Paz

Meu sereno amor

Meu pequeno pedação de sonho! Me leva pra passear? Por ai em qualquer canto, onde o sol me descanse do calor... Me lembra...