segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Muleka


Me fazes perder o sono , o prumo
e me deixas assim, quase sem rumo
Brincas com meus medos, desejos
e que vontade louca de beijos!

Tu és meu homem desejado
Meu menino muito amado
Consegues me levar as alturas
e de saudade me torturas

Quero sempre tua voz rouca
tuas mãos a tirar minha roupa
meu corpo geme por tuas caricias
e me enlouqueces dizendo delicias

De onde veio esse homem menino
Estavas escrito em meu destino?
Porque só agora chegastes?
E em mim tudo mudastes!

De moral e principios nem falo mais
Isso tudo esqueço em suspiros  e ais
Quero -te em mim alma e coração
Me completando de amor 
Ou me enloquecendo de paixão

Quando estou em teus braços
Me sinto menina, pequena..
Quero estreitar nossos laços
Em seus braços toda dor é amena!

Mas quando teu corpo me inflama
Ai me entrego a devassidão
sou tua devassa profana
Que te quer comigo na cama

Amo-te amor meu 
Desejo-te com sofreguidão
Meu corpo é todo teu
É teu tambem teu meu coração!

Sandra Gonçalves



6 comentários:

Edumanes disse...

Satisfaz os teus desejos,
não fiques sem ruma perdida
com abraços e loucos beijos
sejas feliz toda a tua vida!

Boa noite te desejo, menina Sandra.
bons sonhos, um beijo.
Eduardo.

Irene Alves disse...

Sempre uma poesia intensa!!!
Apaixonada!!!
E muito nem escrita.
Amiga um grande beijinho
Irene Alves

Manuel disse...

Só para desejar uma boa semana.

Manuel disse...

Não sei se sou bem-vindo, mas vou passando porque já o faço há tanto tempo.

Manuel disse...

Este Blogue acompanha-me, quase, desde que ele apareceu.
Espero que, em breve, ela possa voltar a sorrir.
Força e coragem minha amiga!
Um beijo

Tô Ligado disse...

Fantástico. Bjos