sábado, 9 de janeiro de 2010

Sentimentos Opostos

Foi quando eu chorava que você chegou Quando eu mais sofria que você me consolou Como se teu coração tivesse sentido a minha dor Como se o vento tivesse gritado por teu amor Chegou sem dizer nada e entrou na minha vida Chegou e devagar esta curando minhas feridas Não me pediu licença nem por favor Simplesmente de longe sentiu minha dor Me faz dar gostosas gargalhadas Me enche de paz e alegria Me conta suas viagens, e aventuras E eu só lhe conto minhas amarguras Mas me ouve com tanto carinho Retira do meu coração os espinhos Se cala quando eu me calo, E com atenção me ouve se falo Como um anjo apaixonado, Ele está agora ao meu lado Não me cobra amor, nem atenção Apenas doa pra mim seu coração É sempre todo carinho e afeto É para mim como um suave abrigo Um aconchego , um firme teto É mais que um grande amigo Choro em um ombro apaixonado Me perdoe se firo você amigo Sei que para você é como castigo Amar assim, sem ser amado Agora a ferida ainda está aberta E a porta do meu coração trancada Minha alma está em alerta Ainda estou apaixonada. Se o tempo cura as feridas Nessas idas e vindas da vida Posso um dia por ti me apaixonar Estaria disposto a me esperar? Sandra Botelho!

14 comentários:

El Brujo disse...

Não precisa dizer em voz alta, mas sussurre, fale baixinho, enquanto teu coração caminha e deixa pegadas na areia... assim te sigo e te escuto mesmo no teu silêncio!

Daniel Savio disse...

MAs o mais importante, que com o tempo, este ferimento sara, todos os ferimentos saram...

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

Everson Russo disse...

Essas idas e vindas da vida, esses colos que nos aparecem, nos fazem sonhar e depois se vão, já passei por isso, e acredito que, a distancia, um tempo, não fazem o amor passar de volta aos mesmos lugares por onde um dia ja passou....beijos moça bonita, tenha um belo domingo e uma semana feliz...

El Brujo disse...

O cheiro do meu mar se confunde com a tua lua...
Baila na minha beira mar enquanto o vento canta pra você!

Elaine Barnes disse...

Alguém tirando os espinhos do seu coração? Que bom amiga. Um novo amor a ser construido.Alguém que te de o valor tão merecido. Vou ficar aqui torcendo pra suas feridas logo cicatrizarem para se entregar de vez a esse ombro que apareceu como um anjo. bjão

Anita "Menina Flor" disse...

Eita menina inspirada, demais viu. Quando crescer, quero ser igual você rs. Gostei demais da sua poesia. Idas e vindas é complicado, um dia terá que escolher um caminho e que seja o caminho do amor. Bjs amiga linda.

José Ramón disse...

Que maravilha de expressão! Greetings from (PASTELARIA MUNDO DA FANTASIA 2010 feliz

Ricardo Calmon disse...

hua hua hua um post estava a publicar,com minina essa cantando afffmaria,puro amor à amizade primeira!Evanescence ia eu publicar!sintonia pura em a vida viver isso é!

bzu alma tua,

viva la vida!

Geisa Machado disse...

Se dê outra chance e desta vez construa o amor (conforme o texto que eu postei).
Vendo as suas fotos (tanto aqui, como no Orkut), é impossível um homem não se aproximar. Vc é muito charmosa! O tempo não cura as feridas, é a gente que tem que agir de forma diferente. Olhar a vida por outro ângulo!
Querida, estou te indicando para uma promoção no blog da Elaine Gaspareto. Dá um pulinho lá pra ver como funciona, ok?
Bjusss

Geisa Machado disse...

Esqueci! O blog da Elaine é http://elainegaspareto.blogspot.com/
Outra coisa, lá no meu blog tem um selo meu pra vc, está logo abaixo do meu perfil. Ficarei muito contente se aceitar.
Bjussss

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Sandra, Linda querida*

Faça chuva, faça sol eu
lhe desejo uma primavera
Dessas em que até o azul do céu
Se veste de pétalas,
Em que as manhãs de chuva
Sejam perfumadas,
Em que as estrelas
Brilhem ainda mais douradas,
Em que até os sonhos
Sejam coloridos,
E em que você
De tão feliz, contagie
Quem estiver do seu lado
E pela primavera
Seja embriagada*

Poema Maravilhoso*
+ * tudo em paz no nosso Eu e daí?
Beijos,

angela disse...

Amigo é sempre bom ter por perto e também é uma forma de amor.
beijos

Manuela Freitas disse...

Olá «fada», olá «feiticeira», olá Sandra,
Eu explico, fada por que acho que o serás totalmente para quem amares, feiticeira porque a tua poesia vem de encontro a sentimentos, que quem tem capacidade de amar já sentiu ou sente, além disso és uma mulher «bonita» por dentro e uma querida amiga,
Beijinhos afectuosos,
Manuela

sandra Freitas disse...

Hummmmmmmm.... sentir que algúem se importa...
muito bom ter um ombro, um colinho, uma palavra..e quem sabe um novo amor..
bjos

Meu sereno amor

Meu pequeno pedação de sonho! Me leva pra passear? Por ai em qualquer canto, onde o sol me descanse do calor... Me lembra...