sábado, 25 de janeiro de 2014

E jamais terá fim o que me fez sorrir


Então fez-se dia e no pensamento a alegria
De saber você por perto quando tudo era deserto
E do pranto fez-se alegria, da noite se fez dia
Quando o sorriso voltou, a paz em mim aportou
E nas asas de um colibri, veio a felicidade pra mim
Não achei que fosse eterno, seria breve qual inverno
E nos dias que seguiram, foi  em sorrisos que me viram
Nas noites o desejo existia e nos dias com você eu sorria
Veio a mim feito o vento, e me deixaria um lamento...
Mas a tristeza não quero, serei feliz meu moço belo
Porque em meu coração guardarei, 
Todo o carinho que por ti sempre terei.
Agora vou viver o presente, seja como eu não lamente
Quando tudo isso acabar, quando o sonho desabar!
Um dia mando um beija flor lhe entregar
O melhor beijo que minha boca puder lhe dar!
Afinal...
Sandra Gonçalves

No Banco da Praça

Foto Google Causou-me espanto noite dessas, Ver lá num canto no banco da praça, Sentados em uma noite fria, um casal de enamor...