quarta-feira, 12 de junho de 2019

No Banco da Praça


Foto Google

Causou-me espanto noite dessas,
Ver lá num canto no banco da praça,
Sentados em uma noite fria,
um casal de enamorados!
Não havia entre eles espaço vazio,
Em nenhuma das mãos o celular  ...
Não havia virtualidade, era real!
Não foi mera miragem...
Eu vi. No banco da praça!
Um casal enamorados!
De mãos bem dadas, corpos juntinhos,
bocas coladas, olhares cheios de amor,
troca de juras, caricias inocentes...
Eu vi! E sorri!
Percebendo que ainda é possível,
É possível salvar o amor!
É possível torná-lo real de novo!
Sim! É possível amar como antigamente!
Sem emotions e ghiphis em substituição aos sentimentos!
Sem nudes, sem posts , sem whatsapp, sem facebook!
É ...eu vi, o amor em sua forma mais sublime!
E nessa noite eu sorri, sorri de amor!
Sorri de encantamento e cúmplices ao meu lado
Duas amigas também suspiraram...
Ah o amor!
É a raridade desses momentos que os torna tão lindos!
Amar é um ato de coragem!
Por mais amores a luz da lua, 
Por mais beijos quentes e inocentes,
Por mais casais nos bancos das praças!
A se amar de verdade, a se amar...
A se amar...

Sandra Gonçalves

No Banco da Praça

Foto Google Causou-me espanto noite dessas, Ver lá num canto no banco da praça, Sentados em uma noite fria, um casal de enamor...