segunda-feira, 26 de março de 2012

Melodia desencantada...

E das notas tocadas com uma lagrima na ponta dos dedos...
Fiz nascer uma canção de Amor!
Uma melodia de dor!

Sandra Botelho

domingo, 18 de março de 2012

Um sonho triste!

Tarde de outono, folhas voam suavemente, deixando o lugar onde, por alguns dias receberam alimento e serviram de sombra ao caminhante.
O sol se espreguiça e se despede, num bocejo preguiçoso...
Se deitando atrás da montanha, que aconchega o sol com seus braços fortes e longos.
Uma pequena borboleta voa , procurando o repouso.
A cama acolhedora da selva recolhe em seu manto o sono sagrado dos anjos da mata.
E cada bicho se acomoda de mansinho, todos respeitam a escuridão que se aproxima.
Agora ja é quase noite, lá longe um sorriso se desfaz , as lembranças trazem o amargo da saudade...
Pois é quando tudo se silencia que a mais profunda dor grita em seu coração.
Ela então se despe,  e se aquece em um banho morno, deixando que somente a agua descubra sua nudez...
Na janela um passarinho fez seu ninho, e ela o observa protegendo seus ovos.
E seu pensamento inquietante lhe faz perguntas como: 
Porque não cuidei assim do meu amor?
Agora é tarde, ele se foi...se perdeu , esvaneceu-se como aquela folha que cai suave da arvore, 
como o verão que se despede...mas o verão voltará  com o passar dos dias.
O amor quando se vai, não volta, se perde em outros caminhos, outro olhar, outra boa, outro corpo.
E a ela só resta a saudade...
E a esperança que com a chegada de mais um verão, a vida lhe traga de novo um novo amor.
É noite, a escuridão se faz profunda...Ela dorme, e de um dos seus olhos, timidamente, desce uma lagrima...
Um sonho triste!
Sandra Botelho

domingo, 4 de março de 2012

Magia


É quando nossas almas se encontram,
que a vida se faz sonho,
os sonhos se fazem reais,
os beijos se contemplam...
Os corpos se fundem,
os olhares se tocam...
Na misteriosa magia do amor

Sandra Botelho
A querida Irene me homenageou postando um poema meu em seu blog...Ficou lindo lá.
Visitem e vejam por si mesmos.
http://sinfoniaesol.wordpress.com/

Meu sereno amor

Meu pequeno pedação de sonho! Me leva pra passear? Por ai em qualquer canto, onde o sol me descanse do calor... Me lembra...