domingo, 4 de abril de 2010

Menina Rosa

A noite cai em doces lampejos,
A lua clareia seus todos desejos.
Na esquina da rua existe uma moça...
que espera de pé alguém que lhe ouça.
Da minha janela vejo teus modos,
Um jeito sem modos de ser feminina,
Uma mulher , apenas menina!
Na boca o vermelho é sangue carmim,
vez por outra ela olha pra mim.
Os olhos não tem alegria.
e para a vida ela nunca sorria...
No rosto marcas de uma idade que ainda não tem
Face nunca acariciada por ninguém.
Vez por outra ela exibe as pernas,
em atitudes que são etéreas.
Não sonha mais em ser alguém.
Se acostumou a ser ninguém.
Vende o que pode vender,
E agradece por seu corpo a ela pertencer.
Na noite fria e chuvosa,
Está na esquina a menina rosa.
Eu a chamo assim, por estar sempre vestida
de rosa,
Vestida de forma glamurosa.
A menina está lá todas as noites,
mesmo que a chuva e o frio lhe sirvam de açoites.
Seus passos não conhecem outro caminho...
Ela não tem um lar como ninho.
Não tem para onde voltar,
nenhum abraço para lhe abraçar!
Nenhum carinho para receber,
por isso vende o que nunca pode ter.
Sandra Botelho!

33 comentários:

SAULO PRADO disse...

Quantas meninas rosa?
Existem por ai
Vendendo o que a de mais precioso
Em seu jardim

Quantas meninas rosa?
Chora de solidão
Sabendo que o desejo
Não vende o coração

Quantas meninas rosa?
Entregam-se ao dinheiro
Fazendo de seu corpo
O seu sórdido seleiro...

A poesia é o retrato de como o poeta enxerga o mundo... Verdadeiro é o retrato que você tirou de sua janela!
Quantas meninas rosa existem por ai?

manuel marques disse...

Lindíssimo.
Grato pela visita ao meu quintal.
Volte sempre.
Beijo.

Wevertton disse...

Feliz Páscoa!!!

angela disse...

Triste destino.
Boa Páscoa.
beijos

Elaine Barnes disse...

Lindo e sensível poema amiga. Enquanto lia pensava que essas mulheres fazem parte da gente. Moram dentro da gente.O sagrado e o profano.Por outro lado,quantas de nós não se vende,não se submete até a maus tratos por uma prato de comida,por medo de enfrentarem a vida sozinhas, por "ene" motivos que só cabe a cada uma.Sem julgamentos. Quantas não "apanham" e na calada da noite se submetem ao seus algozes que usam seu corpo ao seu bel prazer somente.O medo faz de muitas mulheres "prostitutas" de seus companheiros. A quem julgue essas que ganham a vida nas ruas,mas, pode ter certeza que são apenas reflexos que saem de si mesmas.
Quem nunca foi em algum momento da vida que atire a primeira pedra!
Eu fui. Trabalhava até 14horas por dia sem ganhar um real se quer para meu ex marido,pagando assim o prato de comida e as contas que ele "pagava" e me humilhava tantas vezes, por isso e eu nem percebia que trabalhava mais que o dobro que ele,economizando muito com minha incansável contribuição. Quando acordei já se tinham ido 5 anos,porém,sou grata a ele por ter me ensinado tanto.Montão de bjs e abraços de Feliz Páscoa

Everson Russo disse...

Estamos sempre pelas esquinas dessa vida como a menina rosa,,,esperando por alguem que nos ouça,,,nos entenda.....

Um otimo dia de pascoa pra ti e toda sua familia minha amiga...beijos.

Pérola disse...

Uma feliz Páscoa,que Deus na sua infinita beleza lhe traga,muita luz,paz,muito amor e sabedoria.
Um beijo grannnnnnnnnnnnnde borrado de chocolate.
beijokas.
Seus filhos são lindos amada.
Parabénsssssssssssss.

reltih disse...

aparte de tus imágenes bohemias, también reluce ese problema social. el cual sabemos que se genera dentro de cada uno de nosotros. interesante tema.
un abrazo.

Katrina disse...

acho que me vi perdida aí

Sergio disse...

Foi o q disse em resposta ao seu comentário. Interesses comuns se atraem. E em "interesses" no seu perfil, o 1º da lista ser "dividir" me deixou completamente satisfeito do dia de hoje. Conheci alguém que vale a pena.

Frequentarei.

Achocalatemo-nos.

C@urosa disse...

Olá minha sensível amiga Sandra Botelho, que as meninas rosas, damas do amor e da noite, sejam sempre felizes...

Forte abraço

C@urosa

Felina Mulher disse...

Muitas meninas vivem esta vida, que de rosa não tem nada...uma ilusão talves.


Uma Boa Páscoa sandrinha e obrigada pela visita e comentário.

Beijos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

É lamentável, mas infelizmente é a realidade, resultado dessa mísera desigualdade social que ora vivenciamos, apesar de que, muitas vivem na profissão por prazer, e não por necessidade.

Belo poema amiga, bastante verdadeiro.

Beijos e ótima semana pra todos.

Furtado.

★David Rangel★ disse...

divina Sandra, muito obrigado pela visita no meu blog! bjo e muita paz

continuando assim... disse...

estamos perto do final... se final houver.
o capítulo 18, é o último capítulo do livro
quem já leu o "Continuando assim...", sabe como termina o livro.
A todos vocês que têm andado por aqui pacientemente , lanço o desafio prometido .
Antes de publicar o último capítulo , gostava que me dissessem como gostariam de terminar esta história de Alice e André.
Podem publicar os "vossos finais" nos comentários ou mandar directamente para o mail
queirozteresam@gmail.com
Irei postar aqui todos os finais possíveis , todos os "vossos finais" :)
Estou quase certa que algum de vós encontra o final perfeito.
está lançado o desafio, para já espero as vossas respostas
um grande beijo a todos !!

Teresa

ErikaH Azzevedo disse...

E qtas meninas rosas vemos por aí né..dessas que nos disperta uma vontade de colo, de olhar mais doce, de sentir que acolhe, de abraço que aquece, de mão na mão num dizer estou ctgo.


Que triste esse poema....que lindo!

Tamanha sensibilidade a sua.

um beijo Sandrinha.

Erikah

Thomas Albuquerque disse...

São tantas "Rosas" jogadas por aí,arrancadas de seus jardins pelos mais variados motivos.

Se tem uma coisa que prezo muito em minhas poesias (você sabe bem disso rsrs) é o valor e o respeito à figura feminina...toda a mulher merce amor, carinho, ternura, proteçã e dignidade.Não gosto de tratamentos que são contrários a esses que citei.


Acho muito tristes as circunstâncias que levam essas Rosas a se perderem no caminho obscuro e sujo da prostituição (ainda mais quando são meninas, pois perdem toda a juventude e inocência)

Que Deus olhe por elas e as perdoe, juntamente com aqueles que contribuem para essa triste realidade.

Lindo texto Sandra...Poesia também é isso!!!

Beeeijos

Hana disse...

Que lindo tudo aki, é fantásticoja sigo e vou vir sempre te ler, adorei!
com carinho
Hana

Sonhadora disse...

Minha querida
Lindo poema, para tristes destinos.
deixo-te o meu carinho e um beijinho.

Sonhadora

Valéria disse...

Como sempre vc prendendo a atenção da primeira à ultima linha.

BeijooO'

Everson Russo disse...

Um beijo carinhoso de otima semana pra ti....

Luna Sanchez disse...

Que realidade triste, hein, flor? =\

Beijos, boa semana!

ℓυηα

sandra Freitas disse...

O amiga, que lindo poema, adorei, é a realidade de muitas "meninas", infelizmente.
Mas que bom que vais mudar..novos ares, tudo novo, é como se agente tivesse uma nova chance pra recomeçar. Aproveite bem e faça deste um feliz recomeço, que Deus te proteja e dê direção em todas as coisas..
bjokas minha princesa...

Bia Maia disse...

Que lindo...

Há tantas e tantas meninas-rosa e meninos-rosa nesta vida...tenho por eles um respeito imenso, mas tenho também uma certa dor em meu coração...

São as escolhas desta vida...ou as faltas de escolha...


beijos,

Bia

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

"Nenhum carinho para receber,
por isso vende o que nunca pode ter."
O que não se faz por um carinho?

Pessoas sensíveis fazem lindas poesias como esta!!!

**********************************

Você ,uma menina com dois filhos crescidos e lindos!!!

Parabéns!!

Meu carinho para todos!!

Um beijo!

Sonia regina.

Manuel disse...

Seu Blogue é magnifico e a sensibilidade dos seus escritos são um gosto para quem tem o prazer de
a ler.
Vou voltar muitas vezes.
Obrigado pela sua visita e pelas amáveis palavras.

Regina Rozenbaum disse...

Sandra, amada!
Passei rapidim só prá dizer que deixei um mimo procê lá no blog! Depois eu volto com calma.
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Amapola disse...

Sandra, que maravilha de poema!
Você passa amor... amor fraterno, materno, amor! Amor ao próximo...

Seus filhos são lindos, parabéns!

Muito obrigada pela visita e pelo comentário, sempre carinhoso. Quando leio o seu comentário, eu sinto a sua presença.

Um grande abraço. Fiquem com Deus!

Hana disse...

É uma realidade cruél, mas é uma realidade que não podemos fugir.Eu adorei sua visita carinhosa, e tudo aki é doce é meigo e tem vida.
com carinho
Hana

Fátima disse...

Sejam rosa cor, ou rosa flor, no seu interior há escuridão total de um sofrer, e há espinhos de um sentir.
Triste e aumentando com a velocidade da luz.

Beijo com carinho.

Luis Baptista disse...

Sandra, escreves muito bem!
Vou seguir, quero acompanhar a tua poesia. Adorei o ritmo deste.

Um beijo meu e uma festinha d'A Unha.

... disse...

Que triste


abraço

Daniel Savio disse...

Poesia bonita, apesar de mostrar uma triste realidade...

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

Meu sereno amor

Meu pequeno pedação de sonho! Me leva pra passear? Por ai em qualquer canto, onde o sol me descanse do calor... Me lembra...