sábado, 19 de junho de 2010

Cativeiro

Que voz é essa que me fala de tão longe?
Que me leva sem me pegar pelas mãos.
Que as vezes me sufoca de pavor,
Por vezes me enche de horror...
Que voz é essa que me faz perdida de dor?
Que me acalenta com afagos de amor,
Me deixa incendiada de desejo,
Mas certamente me nega um simples beijo!
Que voz é essa que me aprisiona no que é correto?
Não me deixa ser o que é desejo ou incerto...
Que voz é essa que me desencaminha dos trilhos da loucura,
e me aprisiona em rituais de tortura?
Por onde andam os gritos de alegria ?
Ou os sussurros e devaneios que tinha...
Quem tirou do meu peito minhas fantasias?
Enegreceu minhas noites e dias...
Porque a menina se enterrou?
Em que desgraça ela se plantou?
Por quais sentimentos seu corpo se enveredou?
E nunca mais seu horizonte descortinou!
Porque as horas passam tão lentas?
E as lágrimas rolam mais atentas...
Morrendo em uma boca que sorria,
Mas hoje se distorce em melancolia!
Que voz é essa cruel e mentirosa...
Que um dia me prometeu rosas,
E hoje se cala diante de minha agonia...
Que voz é essa que me roubou toda alegria?
Sandra Botelho

36 comentários:

*Mi§§ §impatia* disse...

As vezes é a nossa propria voz interior que nos causa tudo isso..... por isso momentos de reflexão de tempos em tempos são bons para nos (re)avaliarmos e seguirmos em frente... pq tudo nessa vida passa.......
Beijos e bom fim de semana lindona.

J Araújo disse...

Vcs meninas do BlogGirls, popde ter certeza, tem muito gosto. seus blogs são lindos.

Parabéns!!

Bjs

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Sandra
Seu poema é quase um lamento. As vezes nos enganamos e esse engano acaba nos trazendo grande sofrimento.
Beijos

Sonhadora disse...

Minha querida Sandra
É o nosso grito chamando por algo que nos falta.
Lindissimo poema

Por onde andam os gritos de alegria ?
Ou os sussurros e devaneios que tinha...
Quem tirou do meu peito minhas fantasias?
Enegreceu minhas noites e dias...

Maravilhoso.

beijinhos com carinho
Sonhadora

reltih disse...

sabes? tú eres un amor!! me ilusiono tanto leyéndote, quisiera decirte que te...
besos

MOISÉS POETA disse...

UAU !!! MAS QUE BELO...!!!

ESTOU ENCANTADO COM TEU POEMA...!

PALMAS , PRÁ TI , EU QUERO !!


BEIJO GRANDE !

Amordemadrugada disse...

Txi Sandrinha! Isso foi com o coração, ou com a imaginação???!
Bom fim de semana docinha
;)

Elaine Barnes disse...

O poema é lindo demais? Quantas vezes calamos a voz que nos manda seguir em frente e ampliar os horizontes? Preferimos acreditar em promessas. Sofremos por uma voz que nunca ouvimos,apenas imaginamos. O tamanho da fantasia é o mesmo do sofrimento.Lindo de viver! Montão de bjs e abraços

Isadora disse...

Solange, às vezes um Amor famigerado. Por isso, há de se tentar perceber se entregamos nosso coração, alma, sorrisos a quem merece para não corremos o risco de nos sentimos roubados de nosso mais bonito sentimento.
Um lamento escrito por você, mas que muitas vezes é verdaeiro.
Um beijo e bom domingo

Hakime Goul Djounoubi disse...

PS.: Très jolie la chanson au fond de ton blog, vraiment!

Hakime Goul Djounoubi disse...

Não sei se posso dizer que é a voz interior que nos causa tanta mágoa... mas certamente que nem sempre a ouvimos, e isso sim é motivo para lamentar-se.

Sandra, estás a ouvir a voz de dentro? Não tenhas medos dos fantasmas de fora, parecem tigres, mas também são gatos assustados como todo mundo é de vez em quando.

Sejas forte, moça!

Au revoir et bon dimanche.

SAULO PRADO disse...

Esta é a voz da solidão
Que castiga o nosso coração
Ela faz de uma simples saudade
O chicote cruel da infelicidade

Esta voz que às vezes é tão mansa
Chega a me iludir com esperanças
Mas basta o seu grito agudo
Para sua falta encher o meu mundo

Já tentei por varias vezes ficar surdo
Fazendo do silêncio o meu triste escudo
Mas novamente a voz começa a cantar
Trazendo a certeza que em algum lugar
Novamente a angustia vai me encontrar....


Me coloco sob o encato de seus verso....

Beijos e tenha um lindo domingo!!!

Manuel disse...

Não sei que voz é essa, mas sei que inspirou uma linda poesia.
Gostei de seguir todo esse lirismo e a forma apaixonada como solta esses gritos que tem dentro de si.

Alguém... disse...

Obrigada querida, um beijinho de uma grande e iluminosa semana (:

***

afonso rocha disse...

Sandra...
à dias que não te visitava e deparo com esta frescura de chofre....
Quase me deu um baque, menina!
O poema é lindo!!!!!!!!!!!!!!!!
Não sei que diga mais. Reli umas 4 vezes, acredita!
E depois o concerto de aranjuez que é um dos meus temas queridos, trazendo recordações e saudades aqui da minha vizinha andaluzia!!!!
Um must! Beijo bem grandão, viu?
Ouve a versão em baixo. Eu adoro!

http://www.youtube.com/watch?v=HKa7MN8qrTE

Luna Sanchez disse...

Quanta inspiração, amiga! ^^

Adoro!

Beijo, beijo.

ℓυηα

Ronaldo disse...

esse texto, esse blog, é tudo lindo, tudo de bom.

bjsss

Everson Russo disse...

Lindissimo e triste poema,,,tambem ando procurando em minha vida uma tal voz que um dia me prometeu tudo,,,até o amor pleno....beijos querida e uma linda semana pra ti.

Sandra disse...

teu blog tá uma graça, adoro voltar aqui...
beijos pra vc querida, linda semana...

Sandra disse...

teu blog tá uma graça, adoro voltar aqui...
beijos pra vc querida, linda semana...

Henrik disse...

É a voz da esperança.

Bia Maia disse...

Esta voz é justamente a voz que nos engana...que mais dia menos dia, aparece em nossas vidas, mas que devemos então estar sempre bem atentos para não a ouvirmos NUNCA MAIS...
beijos no coração...

Bia

Vozes de Minha Alma disse...

Mas com certeza tua alegria voltará.
Pois muitas vezes, essa voz só vem para tirar o que de mais temos de precioso.
Não deixemos então qualquer voz vir sussurrar em nossos ouvidos para depois tirar a alegria e a paz tão preciosas.
Bjs, um abraço do teu leitor.

Vozes de Minha Alma disse...

Mas com certeza tua alegria voltará.
Pois muitas vezes, essa voz só vem para tirar o que de mais temos de precioso.
Não deixemos então qualquer voz vir sussurrar em nossos ouvidos para depois tirar a alegria e a paz tão preciosas.
Bjs, um abraço do teu leitor.

Machado de Carlos disse...

Mon Amour” minha música predileta. Bela escolha para os teus textos, com cores de chocolate.

Machado de Carlos disse...

Errei o Título da Música: - Paco de Lucia.

legalmente loira... disse...

oi sandra, sempre muto bom receber seu carinho no meu espaço.
amei sua poesia!!
tem lamento mas ao mesmo tempo sai de dentro de um lindo coração o seu.
bjos com carinho amiga delicinha rsrsrs.
que sua semana seja especial...

Marilu disse...

Querida Sandra, que bela poesia, bela no sentido da poetisa, você buscando no fundo da alma, essa melancolia, essa dor profunda. Li e reli várias vezes, e só alguem com uma veia poética muito a flor da pele, consegue escrever algo tão belo...Tenha uma linda semana...Beijocas

ღPat.ღ disse...

Fico emocionada toda vez que leio teus poemas... bem triste este, mas igualmente lindo. Lembro-me da primeira vez que li você... chorei imenso, e hoje continua igual.

Me tocas o coração de forma como só tu.
Um beijo amada amiga,
saudades.

Sonhadora disse...

Minha querida
Cheguei e parecia que me tinha enganado na porta.
Lindo o teu cantinho.

beijinhos
Sonhadora

Maria Bonfá disse...

menina..que lindo! fiquei sem folego ao te ler..apaixonante.. que voz é essa? que tantas vezes nos perturba.. nos desestrutura? querida..amo ler seus poemas..vc é incrivel..gostaria que todos aqui te conhecessem no real.para poderem ver a doce criatura que vc é.. te amo.. beijão querida.. saudade

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

A voz do amor tem disso. Se está próxima nos diz coisas boas, mas se está longe, somente na lembrança, com certeza nos rouba a paz, a vontade e a própria voz. Parabéns,Sandra. Beijos

Everson Russo disse...

Um super beijo de bom dia pra ti minha linda amiga....

Hod disse...

Em alguma das câmaras do teu coração encontra-se uma vontade e um desejo de ver realizar-se em um acontecer. Belos contornos tangênciam essa vontade. Delicia ler-te assim desejosa.
O lay está com ares de fim de outono e dias invernais.

Beijo pra vc. Sandra.

MENEZES disse...

Também não sei dizer que voz é essa, porém ela te inspirou demais! Muito lindo!

Daniel Savio disse...

Sei que o´poema trata de um terceira pessoa, mas as vezes que nos tortura somos nós mesmos, nos privando de nós sermos felizes...

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.