domingo, 7 de novembro de 2010

Mutação

Estou nas asas do incerto,
Vou mergulhar nesse deserto,
E revelarei meu maior segredo!
Vou dar á vida um novo enredo.

Vou me despir de tudo,
Bagunçar todas as minhas gavetas,
E deixar portas abertas,
Não vou mais crer em coisas certas.

Vou destrancar todas as celas,
Vou rabiscar todas as telas.
Poluir meu corpo e coração,
E invalidar a voz da razão.

E nesse torpor em que me encontro,
Não vou me prender em nenhum ponto.
Sem amarras nem cadeias , serei amante.
Pecado, santidade ou simplesmente serei errante...

Sandra Botelho

Repostagem


Hoje tem festa pra Luna lá no Gotinhas, é aniversário dela...
Passem por lá pra homenageá-la.
Luna Sanchez

45 comentários:

Flor da Vida disse...

Extremamente belo e poético o teu poema minha amiga! Aplausos!!! Amada, carinhos... Bjsss

Everson Russo disse...

É bom esse voo ao incerto,,,descobrir novos horizontes,,,se perder se preciso,,,se encontrar,,,ares diferentes,,,conhecer novos sonhos,,,,beijos e beijos de linda semana pra ti.

Salete Cattae disse...

Não é um belo poema apenas, mas um grito de liberdade...então só me resta desejar-lhe boa sorte nessa nova fase.

O dia que eu conseguir deixar minhas gavetas bagunçadas e a porta aberta, acho que serei a pessoa mais feliz do mundo... rs

Já conhecia a música que está tocando, mas não imaginava que era a Carla Bruni que cantava.Ótima escolha!Ela é muito chic...rs

bjs querida e ótimo domingo para vc.

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema profundo...necessidade de cortar as amarras e livre voar, como entendo do que falas, minha amiga.

Deixo um beijinhos carinhoso
Sonhadora

*Mi§§ §impatia* disse...

Ah vc pode ser o quiser amiga.....lindo seu post.....
Boa semana querida, beijos.

Tatiana disse...

Simplesmente humana eu diria!
Você tem um dom maravilhoso!
Tenha uma semana maravilhosa!
Beijos com meu carinho

Luis Nantes® disse...

Que linda sua postagem, tá? Um dia estarei colocando texto tão lindo quanto os seus... Beijos

claudete disse...

olá minha querida estou de volta...vim te dar um afago cheio desta ternura que doas generosamente e aleatoriamente...te encontro errante,mas cheia de amor , livre , leve e solta. Com certeza encontrarás o teu porto-seguro. Beijos neste coração.

Pérola disse...

Cheguei atrasada para o churrasco né.
Escuta, o ideal é trocar telefones,quando eu li seu comentário eu já tinha compromissos e além do mais,como eu iria sem saber o endereço minha gata.
Eu perdi o telefone da Elaine cheguei a ligar para ela,o fato é q perdi meu celular e meus contatos da agenda também.Depois disso ñ nos falamos mais.
Qualquer coisa me envia um imail,eu moro aqui em São Paulo é só pegar um taxi eu já estou aí rs.
Gostaria q viessem me visitar também.
Beijo grande.

Regina Rozenbaum disse...

Engordativa de minh'alma, amada!!!
Que sôdades de lambuzar minha essência com sua poesia...E essa foi escrita, sob medida, para tudo que andei vivendo...dilícia dimaiiiissss!
Beijuuss ILUMINADOS n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, minha querida! Belo poema!
Já és tanto, mudando, és mais ainda! Amei*******

"Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.

Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar, volte!

Se perceber que precisa seguir, siga!

Se estiver tudo errado, comece novamente.

Se estiver tudo certo, continue.

Se sentir saudades, mate-as.

Se perder um amor, não se perca!

Se achá-lo, segure-o!

“Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais é nada."

Fernando Pessoa

Um beijinho enorme.
Renata

Pamela disse...

Flor, parabéns... mais um vez um lindo poema! Beijo com carinho!

angela disse...

Mudar o rumo é bom, o caminho, o norte.
Bonito menina
Boa semana
beijos

Paulo Francisco disse...

Belo texto!Um começo de semana achocolatado pra você...

Daniel Savio disse...

Amor só serve ser for de devorado até ó último pedaço...

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

Machado de Carlos disse...

Uma liberdade total. Jogar até as chaves fora! É isso aí, somos livres!...

... ela pegou a Anhanguera, rumo sul. Sem notícias...

Um monte de chocolate para você!

MEUS PENSAMENTOS disse...

bom dia menina! eita coisa boa1 essa tal liberdade! rs seja livre ,deixe as correntes ,e ame impossivamente! um grande bjo menina achocolatada!

Assis Freitas disse...

ser errante e irradiante,


beijo

valdivino disse...

Lindo poema amiga

despir- se de tudo, bagunçar e deixar a vida nos levar.

bjos.

Anderson Mendonça disse...

Mutação forte e sem medos. É bom tirar o velho e dar boas vindas ao novo.
Obrigado pela visita e por me seguir.
Nos vemos por aqui.
Abraço

Luciana Klopper disse...

Viva, curta seu momento!

Manuela Freitas disse...

Olá querida Sandra,
Gostei do poema, aborda uma realidade tão pertinente! Ai as amarras, quando o são é preciso ter a coragem para as destruir, mesmo que se fique em solidão!...
Os teus slides estão giros, vcs fazem umas habilidades que me deixam com os olhos em bico!!!!
Beijinhos doçura,
Manú

Manuela Freitas disse...

Fiquei a olhar para os slides e nem sei se o comentário foi ou não! rsrsrs

Nilson Barcelli disse...

Sandra, este poema é um grito de revolta, uma pedra no charco da paz podre em que muitas vezes vivemos...
Gostei imenso, parabéns pela excelência deste poema.
Beijos, querida amiga. E boa semana.

Sergio disse...

Hey, Gota bonita! Passou-e uma idéia divertida pela cabeça: nenhuma saudade dos tempos de sapatinho de cristal. Que o futuro nos traga uma nova modalidade de conquista e que me venham gatas assim, cada uma com seu par de algemas.

“Teje preso!” – ela diria.

De minha parte, estenderia meus braços com a passividade de um meliante que se cansou dessa vida de bandido.

Livinha disse...

A verdade é que devemos sempre SER Sandra. Ultrapassar obstáculos, desatar das presilhas, sermos o que desejamos.
Se pavio torto ou certo, que importa, queremos ser o quero-quero, nas águas a que desemborca...

Lindo!

Boa Tarde!

Bjs

Livinha

IsaBele disse...

Que lindo, moça!!!

Amor bom é desse jeito: livre dos convencionalismos!

Adorei!

Zil Mar disse...

Como eu gostei desse poema!!!!

Magestoso!Irreverente!Diferente!

Amei!

bjos querida !!!!!

Zil

Lara Amaral disse...

Transformações de dentro para fora são necessárias.

Beijo!

Everson Russo disse...

Beijos achocolatados de linda semana pra ti querida.

ONG ALERTA disse...

Descobertas fazem parte do conhecimento, beijo Lisette.

Zé Carlos disse...

Sandrinha, estava morrendo de saudades de ti.

Vc está a cada dia mais linda e mais simpática.....

Beijão do Zé Carlos

Braulio Pereira disse...

Querida flor
voa ao vento
na ternura de Amor
doce momento

és a minha alegria
o meu viver
sem ti nâo seria
um amanhecer

sorri coraçâo
meu doce chocolate
dá-me a tua mâo
por ti meu coraçâo late


feliz semana doce menina!!

beijos!!!!!!!!!

Braulio Pereira disse...

Querida flor
voa ao vento
na ternura de Amor
doce momento

és a minha alegria
o meu viver
sem ti nâo seria
um amanhecer

sorri coraçâo
meu doce chocolate
dá-me a tua mâo
por ti meu coraçâo late


feliz semana doce menina!!

beijos!!!!!!!!!

Tô Ligado disse...

Nossa, de tirar o fôlego. Tudo em harmonia...

Bjus

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Sandra! Passando para te desejar uma ótima semana e dizer que adorei o poema, com ênfase para a estrofe abaixo:

Vou destrancar todas as celas,
Vou rabiscar todas as telas.
Poluir meu corpo e coração,
E invalidar a voz da razão.

Beijos,

Furtado.

Poemas Proibidos disse...

Sabe a barra de chocolate pode ser dividida em duas partes. Uma metade fica comigo e a outra com você.
Beijo Achocolatado!

Ilaine disse...

Mutação- que encantadoras palavras. Sim, muitas vezes é necessário partir para o novo e oara o desconhecido, deixando as gavetas abertas. E, nessa busca incessante, perder-se em amor.

Amiga, obrigada pelo carinho constante em meus blogs. Te ver por lá é só felicidade. Beijo.

Poemas Proibidos disse...

Que bom dia maravilhosooooo

Aceito, sim mas só se for uma caixa cheia!...

Beijos!...

Everson Russo disse...

Uma belissima terça feira pra ti querida,,,beijos e beijos de amizade e paz.

Sonia Pallone disse...

"quase"...impossível não sentir... Beijos, lindona.

Olga i Carles disse...

Entrar en la oscuridad para percibir el destello de luz própia.
Aventurarse en el silencio de la nada pera descubrirlo todo.



Grácias.

Eu, ΞĐU disse...

Olá, Sandra...
Navegando pela internet, achei este seu espaço...
Olha, muito bom o seu blog, suas idéias, sensibilidade e seu bom gosto...
Parabéns pelo trabalho! Estou te seguindo.
Saudações,
EDU (http://edurjedu.blogspot.com)

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Sandra
Nada melhor do que virar a mesa. Sair da mesmice e ter a coragem, de viver novas experiência e percorrer novos caminhos.
Bjux

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Que bonito,Sandra. Será que ambos estamos em mutação? Beijos

Meu sereno amor

Meu pequeno pedação de sonho! Me leva pra passear? Por ai em qualquer canto, onde o sol me descanse do calor... Me lembra...