domingo, 10 de maio de 2009

Descompassos

Me diga por onde caminhavas quando deixastes meus passos para traz? Com quem sorrias, quando o dia amanhecia e não estavas por perto pra me dizer bom dia... A quem deu seu coração com quem dividiu sua emoção? e agora porque choras, e por vezes me pergunta :Porque me ignoras? Porque levantas pela manha e me olhas com olhar de criança pura e inocente... se na verdade quero ser somente amante? Quem és tu pra me falar de pureza se ainda és daqueles que vêem somente a beleza? Porque me julgas? Se também pecas somente com o olhar, e se esqueces por vezes de amar? Se erro é porque não estás por perto Se te machuco, é porque aquela dor que deixaste em meu coração ainda não se curou E você ainda nem me notou... Porque queres que eu me sinta acompanhada, se sempre estás distante? Se choro sozinha em minha cama não estás pra me dizer que me ama... Porque me diz palavras duras e me chamas de mesquinha,egoísta e impura? Se foi você quem plantou em mim a amargura. que fez de mim assim tão dura. Onde estavas quando gritei por ti? onde dormias quando meu desejo me deixava a rolar por noites em meu leito frio a sofrer dores de açoites? Me julgas forte, e irreverente mas não o sou, sou gente... Porque nunca estás aqui? Porque ficas tão longe de mim? O que foi que te fiz, porque perto nunca me quis? Porque me dizes sempre o que fazer, se nunca fazes o meu querer? Se me desejas, meu corpo é teu, mas se te quero, nunca és meu. Solitária e errante eu sigo apaixonada e carente, eu vivo. Como tocha que se apaga aos poucos, como lucidez na mente dos loucos. Sandra Botelho http://www.youtube.com/watch?v=axQsR7ICI58

Nenhum comentário: