segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Despedida

Quando é para se dizer adeus, O coração vira gelo e a emoção chama, Qualquer adeus é carregado de emoção. Mas nada doí mais que o adeus da paixão! Dizer adeus a quem se ama, Deixa tudo dolorido e a alma inflama. Palavras faltam pra expressar... O quanto é triste o adeus de amar! E quando é sem motivo algum, Deixa louco qualquer um. Faz de qualquer mulher pequenina. Derramar lágrimas de menina! Adeus amor estou te deixando... Siga a vida assim amando! Tendo a muitas por amante, Guarde-me em seu coração errante. Um dia quando tudo sereno for, Nos encontraremos pelo caminho. Talvez possamos resgatar nosso amor. E transformar a dor em um doce carinho! Sandra Botelho!

12 comentários:

Everson Russo disse...

Dizer adeus a quem se ama sempre doi, é sempre triste, a gente fica se perguntando porque...lindo seu poema...beijos querida e uma linda semana pra ti.

Alvaro Oliveira disse...

oLÁ AMIGA SANDRA

NMÃO OBSTANTE AS MINHAS DIFICULDADES EM LER NOS BLOGS, NÃO POSSO DEIXAR DE PASSAR POR ESTE
LINDO ESPAÇO PARA AGRADECER SUA CARINHOSA VISITA
NO MEU CANTO.
LHE DESEJO UMA LINDA SEMANA

BEIJINHOS
ALVARO

SAULO PRADO disse...

Um dia alguém me disse, que as vezes o adeus é reflexo da covardia, de não lutar por um amor!!!

Não sei se concordo só sei que seu poema ficou lindo ...

Elaine Barnes disse...

Belíssimos versos, repletos de sentimentos.
Dizer adeus a um amor não é fácil, só fica melhor quando aceitamos que o amor não é egoísta e precisa ser feliz com suas escolhas,se não for com a gente...Deixá-lo partir é uma prova de amor.bjs amiga adorei!

Adolfo Payés disse...

Muy lindo tu poema es una dulzura leerte, con esos sentimientos que nacen de tu poema..

Un beso

Un abrazo
Saludos fraternos.

Everson Russo disse...

Um beijo e um lindo dia pra ti querida amiga.

antonio baptista disse...

Oi Sandra,

Lindo.

Passei para lhe deixar um beijo.

Daniel Savio disse...

Mas as vezes é necessário dizer adeus para alguém que a gente suostamente ama para realmente ser feliz...

É claro que a vontade de continuar a ser feliz é necessária.

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

Manuela Freitas disse...

Tens razão e cantas com muita sensibilidade esse triste adeus de um amor que parte...porque num adeus há sempre um que sofre...um achou um caminho novo que quer percorrer, enquanto o outro sofre por ter perdido o seu caminho...,
Beijinhos querida,
Manuela

Márcio Kindermann disse...

Gosto de passar aqui e te ler.
""O quanto é triste o adeus de amar!""
Sem palavras.
bj meu

(Carlos Soares) disse...

Dizer adeus não tá com nada.Mas seu poema tá com tudo.Lindo.Beijos

Pjsoueu disse...

Sandra,Bom dia:)

Obrigado pela visita ao "Sinceramente***".
Entrei aqui, curioso.Encontrei harmonias na musicalidade das palavras revelando sentimentos de amor.
Gosto de aqui estar...muito..

beijos

Pj