sábado, 24 de abril de 2010

Ultimas lágrimas

Alguém está calada demais, pensativa demais, soturna demais. Acabou de assassinar um amor, matar. Não usou armas, não envenenou, não houve sangue, nem dor física. Apenas a morte. E ela foge, pois tem medo de ser aprisionada de novo, quer partir para bem longe, mudar de identidade, de vida de rosto. A morte de um amor que parecia eterno, mas que foi largado a um canto, cansado de solidão, de platonismo, de rejeição e de dor. Envelheceu, embolorou, empoeirou-se no desuso. Um amor que parecia maior que o próprio universo, infinito como as estrelas e inabalável como a rocha.Um amor que chegou como o mar, suave sereno, forte e majestoso. Um amor que foi fundado em bases solidas e jurado em todos os cantos da vida. Ela se calou, se penalizou e vitimou-se por anos e anos e anos... Culpar a quem? A vida...? Ah malvada vida, que tanto me faz sofrer, porque escolheste a mim? Porque tenho que sofrer sem nem ao menos ter socorro . Fuga? Medo? Comodismo? Ela se culpa, se acovardou e guardou suas armas dentro de um baú cheio de sorrisos de dor. Ela sorri, de si mesma, pela sua carência, ela se resignou as suas fantasias de um amor irreal... Matou, e a dor do funeral a perfura em laminas cortantes... E ela chora na solidão da janela. Vendo a vida se esvair como o amor que ela cultivou e não foi regado...Morreu como planta. Floriu sim, e deu frutos...Mas a velha árvore cansada e ressecada, se dobrou a falta de cuidados. Hoje um amor se faz dor... Hoje uma dor se faz lágrimas...As ultimas lágrimas de um olhar que um dia por este mesmo amor brilhou, com um brilho tão intenso que ofuscava os outros amores, os outros olhares, as outras vidas. Nunca vai pagar por seu crime...Sairá impune? Ela chora sozinha...pensa e chora... Mas serão as ultimas lágrimas... Sandra Botelho

38 comentários:

Daniel Savio disse...

as vezes temos de matar algo que nos é caro para podemos realmente sermos alguém feliz...

E boa poesia.

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

El Drac disse...

Como é triste o texto que você nos deu, o ciúme é uma doença que pode destruir o amor ea mulher (ou homem) é "movido" nunca pode ser privado da liberdade, o oposto deve freqüentar terapia de casais . Um grande abraço

ღPat.ღ disse...

És um encanto só!
Já disse para parar de acessar nossas mentes... heheh brincadeira minha linda. És mulher, poderosa, sobrevivente e sabes bem...

Tem Amor que não há o que fazer... dói, mas não chega ser uma perda total, simplesmente não é para você!

Secar as lágrimas, deixá-las escorrer... tanto faz! Um dia, ele, o verdadeiro, hei de aparecer...

Adoro demais você!
Beijos

*Mi§§ §impatia* disse...

Amiga, me identifiquei demais com seu texto, estou tb nessa fase de ultimas lagrimas, assim espero...
Bom domingo, beijos.

SAULO PRADO disse...

Que suas ultimas lágrimas
Consiga lavar as suas chagas
E tire de você este amor doente
Que é alimentado pelo que é inconseqüente

Que suas ultimas lagrimas caia no chão
Fazendo germinar uma rosa de sua devoção
Que seus olhos marejados encontre o amor
E arranque deste seu peito o soco da dor

Que suas últimas lágrimas traga a bonança
Pintando em seus olhos o brilho da esperança
Este é o meu desejo, mais puro e fiel
Mesmo sabendo que suas lagrimas, tem o gosto do fel....

Elaine Barnes disse...

Bem, todos nós temos esse momento de morte, de luto e é necessário para reciclarmos e sairmos do vitimismo. "O amor é como um espírito que ilumina nossas vidas e não um encosto" (Elaine Barnes)
Ele não morre apenas precisa sair da fantasia.Essa transição para a realidade dá uma sensação de tristeza e fim,mas, é apenas um recomeço em um outro nível.Uma árvore aparentemente morta as vezes apenas desfolhou e se prepara dentro de si para uma nova florada; na sua quietude só precisa de água para beber em silêncio enquanto se renova sem alarde. Montão de bjs e abraços

Manuela Freitas disse...

Olá Sandra,
Já tentei vir aqui fazer uma visita, mas não consegui deixar comentário!
Desejo que contigo tudo esteja normalizado.
Um texto muito perspicaz, como tu tão bem sabes escrever, o amor é complicado...
Bjs,
Manuela

Sonhadora disse...

Minha querida
Maravilhoso seu texto, temos que matar algo dentro de nós para renascer para a vida, eu estou tentando fazer esse assassinato.

deixo o meu carinho e um beijinho.

Sonhadora

Rosemildo Sales Furtado disse...

Eis aí uma bela atitude. O fruto resultante da mistura do desamor, do descontentamento, da inconformação, da autovalorização, da resignação, da consciência, da coragem e, principalmente, do amor próprio.

Belo texto minha amiga, muito profundo.

Beijos e ótima semana pra ti e para os teus.

Furtado.

Lidia Ferreira disse...

You’re simplythe Best
Minha querida ,
Venho comunicar que seu texto já se encontrar
Postado em nosso blog , queremos agradecer a honra que você nos deu
com a autorização do seu texto
Boa sorte
http://simplythebest01.blogspot.com

[ rod ] ® disse...

É singular o desejo de fim! resta saber a que preço... um bj moça e bom ler-te.

ALİ EKBER ÇELİK disse...

bem
Noite
sandra

morte
silêncio
todos
pessoas
chorar
bonito
um
texto

Chica disse...

Muito lindo o texto da Sandra e teu blog é lindo!beijos,chica

Fe disse...

Oi minha amada e querida amiga, que Blog mais lindo,e a sua cara.Acordei hoje com muitas saudades de voce,tenho pensado em vc direto, eu quero e preciso te encontrar, mas nao sei mais onde ahha.Me passa o seu tel por e-mail. bjs de sua eterna amiga que te ama

Zeze Mendez disse...

Passando e deixando uma frase célebre:
"A gente faz as escolhas e as escolhas fazem a gente"...
Tenha uma bela semana, cheia de paz, alegria e sucesso!!

A. Reiffer disse...

Um escrito de poesia e densidade. Gostei!

A. Reiffer disse...

Um escrito de poesia e densidade. Gostei!

reltih disse...

muy sentido y triste tema. me ha embargado.
abrazos para ti
http://www.youtube.com/watch?v=i1xnVDiV9xE

Tatiana disse...

Palavras sentidas...que forma entendidas pelo meu coração!
Desejo uma semana maravilhosa para o seu rico coração!
Beijos com meu carinho

Juliana Lira disse...

Minha linda Sandra

Que lindo texto!Se é triste?É sim...Mas o coração não vivi só de sorrisos e felicidade, ele sente também a dor e padece de amor e de amar.
Achei tão delicada a forma como vc traduziu em palavras uma morte que causa tanta dor, creio que quando um amor morre, morre também uma parte de nós, morre um pouco da nossa fé, um pouco da nossa inocência, um pouco das nossas ilusões...
Ainda assim, acho que vale a pena, o risco, porque "o melhor só se adquire a custa de muito sofrimento"

Ps:Demorei a aparecer porque tava em semana de provas

Milhões de beijos

Pleiba disse...

Sandra... minha linda como dizer pra ti que passei por tudo isso... Quero t dar um abraço e dizer: pense naquele q te criou pois ele esta com tigo em todos os momentos acredite!!!
To sempre aki ta bjux

Henrik disse...

É uma triste evidência afirmar isto mas, por vezes, a amor não é suficiente para sustentar um ponte para um divino qualquer (no fundo, não procuraremos sempre um pouco mais de divino na nossa vida?). Por vezes, e não tão raras assim, amar simplesmente não é suficiente.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Um texto triste,Sandra,mas que sejam sim as últimas lágrimas.Parabéns.Beijos

Machado de Carlos disse...

Olá minha amiga, como vai você? Não conseguiu ler, né? Então aqui segui o soneto:

O Poeta e a Flor

Certa vez um sonhador tresloucado
Enamorou-se da morena bela,
Delirava com o rosto dela!...
Não havia alguém mais apaixonado!

A vida intimou a menina encantada,
Que fora enfeitiçada pelo poeta;
ele escrevia...escrevia... somente pra ela
- palavras e palavras ousadas.

Assim como as marcas do prazer nobre
A grande paixão ficou no cofre:
São registros da história de amor!...

... contempla, em silêncio, as fotografias,
e sai da solidão do seu dia-a-dia,
e espera estar ao lado do seu amor!...

Um Grande Abraço! Vir aqui é como receber suas luzes, beijos!

Felina Mulher disse...

Tudo tem seu tempo certo pra acontecer...as vezes algo vai para que algo melhor venha!

Um beijo Sandrinha.

A.S. disse...

Querida Sandra,

Tuas lágrimas são cristais que se soltaram da alma!

Beijosss
AL

Jose Sousa disse...

Gostei do do seu blog, vou continuar a ser seu seguidor. Consulte os meus, divulgue e deixe o seu comentário. www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com
Um gr. abraço.

Manuel disse...

Espero que este poema seja apenas um poema.
Como poema é lindo e apaixonante, como realidade é triste, duma tristeza que dói.
Espero que seja apenas mais um poema.

Machado de Carlos disse...

Que bom ouvir você! Que bom ouvir sua música! Realmente a trilha sonora é um aconchego. é como se encostasse num ombro bem amigo!
Beijos.

Marcelo Mayer disse...

ola sandra! agradeço sua visita em meu blog!
e sim, eu estou moderando não pelas criticas que recebo, mas porque não aceito ataques pessoais. por exemplo, fiz um texto sobre o mundo dos blogs e muitos foram contra meu texto e aceitei com certeza, pq gosto de abrir um debate. agora, os pessoais prefiro xingar em anonimato. rs

obrigado!

bjs

Luciana Klopper disse...

Lindo lindo e lindo!

Majoli disse...

Oi amiga, que saudades de você.

Como sempre você me emociona com suas palavras, depois que te conheci então, parece que sinto mais forte cada vez que venho aqui te ler.

Beijos com muito carinho.

Tenha uma linda noite.

Ricardo Calmon disse...

Amada amiga:folgo saber que com vagar ,as coisas nos eixos se encaixando, snta firmeza em voce e nos que te protegem amada minina achocolatada de vida minha!
adorei o que vc escreveu merci,a família agradece!

bzuz e sôdades

viva la vida

Ricardo Calmon disse...

Courage!

Determinaçao!

Voce Pode!

viva la vida

Amapola disse...

Um amor acabado dói muito, porque na verdade ele ainda não acabou.
Gostei quando você diz: Mas serão as últimas lágrimas...
Que venham muitas alegrias... muitas felicidades, linda!

Um grande abraço, amiga Sandra.

Sonia Pallone disse...

Affff! Profundo, cortante como uma navalhada!...

reltih disse...

hola princesa, pasaba por aquí...
besos

Alma Poética disse...

Simplismente emoçao a cada escrtia, encantamento puro, amei publicação como tudo aqui em seu blog, passa la no meu e retire o selo os feras de 2010, afinal de contas seu blog e uma fera mesmo, retira o selo l aadoraria presentea-la com selo dos blogs mais feras de 2010 xerooooooo

Marquinhos

Meu sereno amor

Meu pequeno pedação de sonho! Me leva pra passear? Por ai em qualquer canto, onde o sol me descanse do calor... Me lembra...