terça-feira, 8 de junho de 2010

Debruçada em solidão

foto google
Debruçada em meus sonhos ,
fiz-me velas de uma embarcação.
Desprezei minhas cadeias
e me aprisionei em teu coração!
Debruçada em minha alma,
Me desenhei em traços etéreos,
tirei dos olhos o sono da alegria,
e pintei de negro minha fantasia.
Debruçada em meu coração,
arranquei de meus sentidos a intuição...
Fiz do véu negro que cobria meus olhos.
a chuva fria que congela o mar,
um jeito errado de amar...
Debruçada em teus olhos,
olhei dentro de teu corpo,
vi um leme sem marujo,
desse mar do qual eu fujo.
Sou uma embarcação a deriva,
do teu amor me fiz cativa.
Fiz do vento meu escravo,
dei-lhe as coordenadas a seguir,
mas ele desobediente ...
Não trouxe você para mim...
Vivendo nos porões do navio,
Eu busco um facho de luz,
que arranque de meu coração,
esse triste e negro capuz.
E nesse mar que é calmaria,
ou as vezes tempestade,
Redescobri minha verdade...
Sou pirata do destino, roubei de mim a alegria,
Guardei no meu baú, meus desejos e fantasias,
plantei nas ondas de minha vida,
Uma canção de despedida!
Sandra Botelho!

36 comentários:

Hana disse...

Estou de volta pro meu aconchego, trazendo na mala bastante saudade, sabe me fez lembrar esta canção, adorei amiga seu blog, seu espaço lindo vou voltar sempre, aki fico, aki te leio, aki te sigo!
com carinho
Hana

Amapola disse...

Bravo!!
Lindo poema, querida amiga Sandra.

Ao contrário do poema, espero que seja muito feliz no amor. Pelo jeito, você sabe amar, menina linda!

Um abraço apertado. Fique com Deus.

Daniel Costa disse...

Sandra

Uma coise é certa, os teus poemas sáo mesmo um facho de luz, de agradibilidade ternurenta, que parece refletir um bonito sentimento, mesmo tendo em conta que o poeta poderá adoptar uma linha diversa do pensamento pessoal.
Beijos
Daneil

Paulo Tamburro disse...

Que lindo poema Sandra.

E quanto aquele mar do qual foge como uma embaracação a deriva, faça como ensina nosso Paulinho da Viola, no samba "Argumento", o qual deixo abaixo a letra e o link para que possa escutar:


Argumento

Paulinho da Viola

Composição: Paulinho da Viola

Tá legal
Tá legal, eu aceito o argumento
Mas não me altere o samba tanto assim
Olha que a rapaziada está sentindo a falta
De um cavaco, de um pandeiro ou de um tamborim

Sem preconceito ou mania de passado
Sem querer ficar do lado de quem não quer navegar

Faça como um velho marinheiro
Que durante o nevoeiro
Leva o barco devagar.

http://letras.terra.com.br/paulinho-da-viola/48050/

Um abração carioca, amiga Sandra!

Machado de Carlos disse...

Com esse tempo frio nada melhor para aquecer o coração do que suas palavras ricas em chocolate. Principalmente chocolate ao leite quente. Esquenta a alma!

José disse...

Eu também te adolo
como adolo outro alguém
e no aconchego do teu colo
é onde eu me sinto bem

"Sou pirata do destino"
e de mim ele está longe
e logo desde pequenino
que o destino me foge

boa noite
um beijinho com
sabor a chocolate
José.

Sergio disse...

Estou para ver um alguém que consiga colocar tanto sentimento no fio das palavras simples que escreve.

Lembrou-me um texto que guardei, muito provavelmente pra um dia colocá-lo exatamente no lugar certo onde deveria estar:

"Não te preocupes com rebuscamentos sutis em que se enerva a força dos artistas de hoje. Falas para todos: emprega a linguagem de todos. Não existem palavras nobres nem vulgares; não há senão as que dizem ou as que não dizem, exatamente o que têm a dizer. Põe-te todo em tudo o que fazes: pensa o que penses, e sente o que sentes. Que o ritmo do teu coração embale teus escritos! O estilo é a alma."

Linda...waiting for the helicopter disse...

Lindo!!! Amei seu blog! Seus poemas me emocionaram. Parabéns!!!

Pérola disse...

O vermelho está com tudo por aqui,paixão pura rs.
Pois é amada ñ é só vc,nem sempre o q escrevo faz jus a realidade,o q posso te adiantar é q estou me esforçando a bessa rs.
Quando vamos nos encontrar?Estou anciosa pelo encontro,eu topo a hora q desejar.
Sua postagem está linnnnnnnnda como tudo aqui.
Parabénsssssssssss.
Beijokas

Wanderley Elian Lima disse...

Bonito, porém melancólico esse seu poema. Gostei.
Beijos

Fátima disse...

Minha linda, então abra esse baú, tranque lá esse capuz e liberte seus desejos e fantasias devolvendo assim a alegria que roubou de ti.

Beijinho carinhoso e agradecido .

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Sandra!

Beleza de viagem...seu barco me fez viajar em sentimentos naufragados!

Meu carinho!

Sonia Regina.

Hod disse...

Cada vez melhor em teus contornos literários. Ja sentia a saudade pular de um lado para o outro. Delicia ler-te em texto que deixa aromas suaves e introspectivos.
Agora em Porto Alegre, de volta ao meu aconchego vivo tangenciando minha memória sobre o bons momentos vividos nas terras mágicas de Minas Gerais.

Escelente semana pra vc.

Beijo em ti.

Hod.

ESPERANÇA disse...

Oi amiga obrigada pelo carinho fico muito feliz ,olha que lindo seu blog e esta musica na entrada que linda ainda nao sei colocar mais vou aprender beijossss

Everson Russo disse...

A solidão é fria, gela a alma,,dói fundo no coração, retira a paz...vivemos muitas vezes alimentando ela,,,deixando que ela tome mais lugar do que deveria, é complicado falar,,tambem vivo nela...mas vou lutando contra ao maximo,,,e mais,,,sempre nos traz belos poemas como esse seu....um beijo querida e um dia lindo pra ti.

Wolber Campos disse...

Muito bonito o poema Sandra! Parabéns!
Aliás, suas fotos - vi no outro blog - também estão muito bacanas! ;)

Grande abraço!

Insana disse...

AAA esta solidão que tanto nos maltrata..

bjs
Insana

ONG ALERTA disse...

Viver uma nova emoção, paz.
Beijo lisette

Amapola disse...

Passei para lhe dar um abraço.

Amordemadrugada disse...

Muito bonito Sandrinha!
Besito doce em você meu bem ;)

Sonhadora disse...

Minha querida
Muito belo o seu poema, escrito com muito sentimento.

Beijinhos
Sonhadora

legalmente loira... disse...

sandra,
teu poema tem um sentimento tão lindo
que nem sei o que dizer mas todos ja o fizeram.
seu espaço é divino com a cor da paixão suas fotos estão lindas aqui o bom gosto esta em tudo.
tem até cheiro de chocolate!!
beijos delicinha.

lindo e especial dia...

Riff disse...

Espetacular... Se houvesse uma competição eu te daria o troféu maior e a medalha de honra ao mérito para as escritas que melhor descreveram e transcreveram todo o amor q. existe neste mundo. Fiquei arrepiada... O texto, o red o fundo musical... Tudo... Bjitos volto de novo...aguarde-me e obrigada por suas visitas...amo

sandra Freitas disse...

Ei pretinha linda de chocolate, menina ando na maior labuta, sem tempo pra nada, mas estava com saudade desse seu aconchego...rsr e vim te tirar dessa solidão..rsrrs
belíssimo texto amiga...a solidão as vezes é até gentil, faz-nos pensar em nós mesmos e refletir sobre nosso valor...mas essa solidão encharcada da presença do outro..requer tempo pra dissipar...e voltar a saborear a companhia de si mesma...
Como estão as coisas ai em São Paulo...?
Aqui em Bh tá um frio de encardir..rsrsr
Saudade gigante de você..
muitos bejinhos de chocolate..

Chica disse...

Lindos e tristes versos!beijos,lindo dia,chica

poetaeusou . . . disse...

*
melancolia,
é não esquecer o que
de bom nos aconteceu .
,
conchinhas,
,
*

Machado de Carlos disse...

Você é linda; cheia de Luz. Tanta luz que desmonta a escuridão. O ambiente fica iluminado ao gosto de chocolate que você tanto afirma!
Beijos Meus!...
Escreva-me sempre!

Sueli disse...

Delicio-me nos seus poemas, amiga. Este em especial fez-me viajar e me encontrar no mesmo porão de navio. Ah, vontade de me jogar no mar, mesmo que seja para me afogar... em lembranças de um tempo tão recente mas que, ao mesmo tempo, parece-me tão longínquo... Amei! Beijo grande!

Alguém... disse...

Gostei muito*

Regina Rozenbaum disse...

Sandra, poetisa que engorda minha alma, amada!
"Fiz do vento meu escravo,
dei-lhe as coordenadas a seguir,
mas ele desobediente ...
Não trouxe você para mim..." affff
Dou conta docê nauuuuuummmm!!!!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Braulio Pereira disse...

Sandra. ternura..

divina princesa..

teu paraiso

beleza..

eu preciso...

beijos doces...

Majoli disse...

Minha linda, "Debruçada em Solidão", chegou a me doer...deu vontade de abrir esse baú, te tirar daí de dentro e te soltar pra voar feliz ao encontro dos seus sonhos.

Você escreve lindamente, deliciosamente...mas é triste viver tudo isso, eu quem o diga.

Beijos enormes, cheios de saudades.

Lene Poesias disse...

Parabéns por tamanha sensibilidade!!
Bj!

Lene Poesias disse...

Parabéns por tamanha sensibilidade!!
Bj!

Lene Poesias disse...

Parabéns por tamanha sensibilidade!!
Bj!

angela disse...

Um poema triste...
beijos