segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Companheiro solitário...

É noite e o sono não vem...Assim como eu alguem está acordado e continua vivendo.
Não o conheço, não sei quem é, se homem ou mulher...Não sei!
Vejo apenas sua janela acesa, ás vezes adivinho sua sombra, distingo a fumaça de seu cigarro, Não sei que profissão exerce, se lê ou escreve livros, se espera alguem. Por que razão não vai dormir.Melhor que
não saiba:já me acostumei a presença desse desconhecido companheiro da madrugada que, amargurado ou distraido, estabelece em meio a aceitação da noite a clareira de sua vigília, a certeza de uma presença humana sempre acesa dentro da escuridão.Vontade de comunicar-me com ele, estender os braços por sobre as arvores e edifícios que nos separam e cumprimentá-lo mostrando-lhe a minha janela também acesa, e indicar-lhe que também não estou dormindo.Aqui estou eu ,vire-se , aproxime-se da janela, me perceba...
A noite vai tranquila... O silencio solene da noite que machuca...dói os ouvidos...fere ensurdece...
É bom que nos saibamos cada um no seu posto, de sentinela ,enquanto a cidade dorme, a espera de um novo dia...Deixa a noite correr! Cada um na sua janela, nós nos entendemos, a noite é nossa!
Mas ao longe, por detrás dos edifícios, surge uma restia de claridade- é a madrugada que avança.
Eis que a janela acesa de súbito se apaga.O céu vai-se tornando roxo e a cidade aos poucos empalidece.
Estou sozinha.Nem uma luz senão a minha.nem um olhar senão o meu...Nenhum sorriso...
Há um instante de equilibro entre a sombra e o silencio, entre a minha solidão e a de todos - e então irrompe no ar o ruido alegre e matinal das manhãs cantaroladas por pássaros que despertam...
E então é o inicio de um novo dia.Onde todas as vidas despertam, quando a cidade se faz viva novamente.
Eu espero o anoitecer, para de longe observar meu companheiro, que divide comigo todas as noites.
mesmo sem saber.
Sandra Botelho
(inspirado em um trecho de O Homem Nu)

51 comentários:

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Sandra!

Seu texto é tão perfeito que conssegui atravessar a noite junto com você...como em um filme!!

Seu blog novo está uma beleza e a canção é de uma de minhas cantoras favoritas!!!

Tudo lindo!!!

Um beijo!

Sonia Regina

Paulo Francisco disse...

Uma noite e tanto! Gostei muito deste texto. Gostei do movimento...Parabéns!

AC disse...

Sandra, você excedeu-se. O texto está simplesmente magnífico!

Beijo :)

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Que texto bonito.
Principalmete pelo ritmo
do coração com o qual foi escrito,
que nos faz imaginá-lo
de forma real.

Sua amizade é preciosa para mim.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Que texto bonito.
Principalmete pelo ritmo
do coração com o qual foi escrito,
que nos faz imaginá-lo
de forma real.

Sua amizade é preciosa para mim.

reltih disse...

siempre me voy de aquí, enamorado!! ahhhhhh quién fuese ese de ese sueño?
besos

Wanderley Elian Lima disse...

Muitas janelas provavelmente estarão acesas por toda a cidade. A solidão na cidade grande não é privilégio de poucos, é companheira da maioria de seus habitantes.
Bjux

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Sandra! mais uma vez, nos presenteis com um belo escrito. Adorei o texto, muito bem coordenado.

Beijos e ótima semana pra ti.

Furtado.

*Mi§§ §impatia* disse...

Hum e de certa, cada solitariamente no seu canto acaba fazendo companhia ao outro sem saber.......
Beijos amiga, boa semana.

MEUS PENSAMENTOS disse...

menina achocolatada vc da um show!!!
bjs!

Marilu disse...

Querida amiga, quantas janelas solitárias existem, quantas pessoas com os mesmos sentimentos de solidão, tristeza, sem ter com quem compartilha-lhos. E assim a vida vai passando, as janelas perdendo a cor, e as pessoas perdendo o amor. Lindo texto. Beijocas

Sueli disse...

Muitas vezes, nas nossas noites de insônia estamos rodeados de companheiros insones, mas não os percebemos porque permanecem com suas luzes apagadas... Beijo grande!

Proibida disse...

sandra, grata pela sua presença lá no flor. estou seguindo seu blog. beijos.

claudete disse...

Por partes, amei seu novo visual , está gostoso e a seleção musical que acompanha este texto...eloquente. É Sandra as nuances deixadas pela magia da noite que descreves é contagiante e terna...o amanhecer que traz a claridade é como a roupa que nos transmuta no real ...o imaginário concebível retorna com a noite e a insônia dos que esperam .Lindo! Beijos no coração.

Everson Russo disse...

Enquanto o nosso sono não vem, o mundo gira ao redor, a vida passa, passam estações, passa o amor, passam desejos, e nós ficamos aguardando apenas uma proxima madrugada para que se repita tudo outra vez....um grande beijo de linda terça pra ti.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Muito bom, querida! Quantos gatos pardos andam por aí insones pelas noite adentro? Porém, nem todos aceitam ser a nossa companhia.
Um beijinho.

"Quanto mais envelhecia, quanto mais insípidas me pareciam as pequenas satisfações que a vida me dava, tanto mais claramente compreendia onde eu deveria procurar a fonte das alegrias da vida. Aprendi que ser amado não é nada, enquanto amar é tudo (...).


O dinheiro não era nada, o poder não era nada. Vi tanta gente que tinha dinheiro e poder, e mesmo assim era infeliz.


A beleza não era nada. Vi homens e mulheres belos, infelizes, apesar de sua beleza.


Também a saúde não contava tanto assim. Cada um tem a saúde que sente.


Havia doentes cheios de vontade de viver e havia sadios que definhavam angustiados pelo medo de sofrer.


A felicidade é amor, só isto.
Feliz é quem sabe amar. Feliz é quem pode amar muito.
Mas amar e desejar não é a mesma coisa.
O amor é o desejo que atingiu a sabedoria.
O amor não quer possuir.
O amor quer somente amar."

Do Amor - Hermann Hesse

Bom Dia!
Renata

REGGINA MOON disse...

Sandra,

Lindo verso...e existem tantas pessoas assim...nesse desencontro e solidão...

Tenha um lindo dia!!!

Um beijo...

Reggina Moon

"Perdemos a alegria porque pensamos que ela virá no futuro, depois de algum evento portentoso que mudará a nossa vida." [Rubem Alves]

Pamela disse...

Hoje mais que nunca você está de parabéns. Mais um lindo texto e desta vez me pegou de uma forma diferente, acho que é porque me identifiquei com ele.A noite é algo aconchegante, me faz bem... e nesse texto você expressou bem isso tudo! Parabén um belissimo texto!. Simplesmente adorei, adorei, adorei.

"Tudo vai, passa,acontece diante de nossos olhos; e o tempo não para, corre... pois tempo é contagem de vida. " ( trecho de um dos meus textos).

As vezes ficamos paradas em plena madrugada observando a dança do universo, vidas acontecendo, e esquecemos de nós, por pleno desejo de ser percebidos mergulhamos nesse sentimento e passamos a apenas existir, deixando de realmente viver. NÃO exista... VIVA INTENSAMENTE.

El Brujo disse...

Os desejos ainda são os mesmos!

Luis Nantes® disse...

Puxa!! Belo texto amore... Um dia vou escrever e pensar como você, se Deus quiser, viu?
Beijos

Flor da Vida disse...

Lindo texto minha amiga! Consegui visulizar toda a cena, e até sentir a presença desse companheiro da noite! Amei!!! Receba meu carinho... Bjsss

Sonhadora disse...

Minha querida

Quase que adentramos no teu poema, de tão descritivo que é, adorei.

beijinhos com carinho
Sonhadora

Marinha disse...

Lindíssimo o texto! Adorei!
Olha só, amada, tem texto "educativo" blog...hehe. Se gostar, comenta lá.
Beijos, flor.

Daniel Costa disse...

Sandra

Apresentas um poema muito belo, como marcas como os anteriores. Sempre aprecio o modo como os escreves.
Beijlos

Daniel Costa disse...

Sandra

Apresentas um poema muito belo, como marcas como os anteriores. Sempre aprecio o modo como os escreves.
Beijlos

Luna Sanchez disse...

Que bonita essa cumplicidade silenciosa, flor! Gostei! =)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Braulio Pereira disse...

Sandra

voce é linda obrigado pelo carinho

quero ficar aqui....


felizes dias e doces noites

com chocolate claro...


beijos!!

Nilson Barcelli disse...

Excelente poema, como sempre. Adoro as tuas palavras, querida amiga.
Beijos.

Mimo Chic disse...

Sandra, nossa que presente vc nos deu hj, que lindo, e faz um bem danado!
parabens
bj
lulu & Sol

IsaBele disse...

Belíssimo conto, linda!

Há mais gente acordada do que possamos ver, ou imaginar. Cada um carregando sua solidão na noite...

Grande beijo!

Ricardo Calmon disse...

Será que pessoa essa,não deixou uma canção para vc???amada amiga de cardíaco mio!corra lá e perceba,mas não demore muito tempo para chegar!

bzuz amiga caríssima!

viva la vie

MEUS PENSAMENTOS disse...

obrigada!!!
ja postei é lindo !!!bjos do mar...

Júlio Castellain disse...

...
Haah...
me senti o próprio,
impropriamente.
...
Abraços, Sandra.
...

Poemas Proibidos disse...

Até parece que você fala de mim. Troco o dia pela noite tal qual um morcego. A rua é escura. A janela está aberta, mas ela dorme. Mas existe tempo e distância que nos perturba. É a Natureza das coisas.
Obrigado pelo seu recado lá Nos Meus Poemas Proibidos.
Como sempre, escrevo em homenagem às mulheres em geral.
Beijos com chocolates!...

rouxinol de Bernardim disse...

a gente vir aqui e se aconchegar neste texto belissimo, carregado de sensibilidade e com uma mensagem sempre actual. Adorei...
Me aconchegarei mais vezes. Você merece...

Braulio Pereira disse...

querida amiga Sandra

gosto que venhas nós nos inspiramos

sentes meus versos locos de desejos..
deixas em mim um pouco de ti..
és alegria do meu beijo.
que bom ver-te aqui

Sandra minha flor
feliz dia Amor

beijâo!!
com chocolate..

Angel disse...

Lindo, lindo ... pequena que daí você não possa ver a minha janela, que também costuma ficar acesa muitas vezes madrugada afora :)
Me identifiquei com o seu texto, tá lindo mesmo.
Parabéns pelo Blog.
Beijo da Angel pra você.

Everson Russo disse...

Um beijo super carinhoso de bom dia pra ti amiga...

Sergio disse...

Oi, Suquinho. Vim verificar a intensidade de sua luz. Vi uma noite, mas não tão escura. Havia uma lua enorme e bela na janela. E por falar em janela, venha aqui

http://sergiosonico.blogspot.com/search?q=THE+KICKER

Nesse dia (11 de fevereiro de 2008) também estive nela, janela, com num clima semelhante ao seu. Olha, não vá ainda. Vou colocar lá na velha postagem, a música do disco q inspirou aquela atmosfera. É absolutamente linda e inspiradora a música. Só que naquela época eu nem te conhecia. E, entre tantos ganhos que tive em te conhecer, naquela época tão distante, por exemplo, vc não tinha me insinado a musicar meu blog. Então, conte do recebimento do comentário (são 10:00hs. de 17/11/2010) uns 30 minutos e vá. A música já estará lá. E please, comente.

Bjos!

Sergio disse...

Oi, Suquinho. Vim verificar a intensidade de sua luz. Vi uma noite, mas não tão escura. Havia uma lua enorme e bela na janela. E por falar em janela, venha aqui

http://sergiosonico.blogspot.com/search?q=THE+KICKER

Nesse dia (11 de fevereiro de 2008) também estive nela, janela, com num clima semelhante ao seu. Olha, não vá ainda. Vou colocar lá na velha postagem, a música do disco q inspirou aquela atmosfera. É absolutamente linda e inspiradora a música. Só que naquela época eu nem te conhecia. E, entre tantos ganhos que tive em te conhecer, naquela época tão distante, por exemplo, vc não tinha me insinado a musicar meu blog. Então, conte do recebimento do comentário (são 10:00hs. de 17/11/2010) uns 30 minutos e vá. A música já estará lá. E please, comente.

Bjos!

Amor feito Poesia disse...

A simpatia e a
amizade são
duas flores enraizadas no
jardim do tempo.

D.A

Beijos & Flores no seu dia...M@ria

Livinha disse...

Sandrinha, que belo texto.

Que juntemos nossos trapos, nossos fragmentos amordaçados pela desventura do tempo.
Que dividamos nossas noites, ainda que sem palavras, embutindo juramentos.
Ligando nossos pedaços na junção de pensametos, haveremos de unir-mos nossos braços, entre abraços, os lamentos...

Mto bom minha amiga, quando podemos dividir inspiraçoes, buscar, trazer, e encontrar um pouco de nós em cada um...

Lindo, lindo...

Bjs

Livinha

Poemas Proibidos disse...

... e como foi! Somente o criado-mudo daquele quarto era a testemunha!
Beijos cor de Bronze!

Machado de Carlos disse...

Os meus dias, graças ao Altíssimo estão iluminados à base de sabores especiais de chocolates. Chove um pouco, mas são coisas da Natureza.
Você me ensinou a ter sonhos e dias bons e, sempre criar um projeto novo de poesias.
Beijos Carinhosos!
(Seu blog é deliciosamente encantado).

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

"Vontade de comunicar-me com ele, estender os braços por sobre as arvores e edifícios que nos separam e cumprimentá-lo mostrando-lhe "
quanto romantismos nestes versos, quanda paixão a pular de cada palavra.
Adorei a sua foto junto dos chocolates

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

"Vontade de comunicar-me com ele, estender os braços por sobre as arvores e edifícios que nos separam e cumprimentá-lo mostrando-lhe "
quanto romantismos nestes versos, quanda paixão a pular de cada palavra.
Adorei a sua foto junto dos chocolates

valdivino disse...

Lindo menina!

encantador...

bjos.

ONG ALERTA disse...

A noite é mágica, beijo Lisette.

Daniel Costa disse...

Sandra

Estou numa visita de cortesia, a desejar boa noite.
Beijos

Daniel Savio disse...

E quantas almas ficam acordadas pela madrugada...

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

José Sousa disse...

Olá Sandra!
Estive lendo aqui e sabe o que senti? Inveja daquele gato! Se foce eu...ali, o meu aconchego, viveria a vida inteira feliz...rsrsrs.

Beijão