quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Onde foi que nos perdemos?


Por onde andas amado meu?
Porque não me visitas mais?
Não tens piedade do meus ais?
Ou não zela  mais pelo que é teu?

Onde dormes, que não comigo?
Porque me deixas nas noites solitária?
Nem me avisa sobre teus caminhos,
e ainda assim desejo teus carinhos!

Porque me roubaste um beijo?
Me enchestes de desejo?
Não estás cumprindo a promessa...
que certamente não fora essa...

Porque me trouxe até aqui?
Para me abandonar assim?
Sinto que nosso amor esfriou,
O desejo por mim acabou!

Onde andas meu amado?
Dormes nos braços de outro alguem?
Qual o corpo que agora te tem?
Meu coração por ti foi magoado!

Mas ainda te espero todas as noites,
quando a saudade é como açoite!
A dor da solidão, mata meu coração
Não queres mais ser minha paixão!

Meu corpo te espera, te deseja.
Minha alma por ti clama...
Pois somente teu desejo me inflama,
Por favor diga que ainda me ama!

Sandra Botelho

49 comentários:

Tô Ligado disse...

"Meu corpo te espera, te deseja.
Minha alma por ti clama...
Pois somente teu desejo me inflama".

Uiii, de arrepiar... Fechando com chaves de ouuro!

Bjus
http://toligado1.blogspot.com

Pelos caminhos da vida. disse...

Bravo!!!

Tem Mimo lá pra vc Sandra, sinta-se à vontade para trazê-lo.

Boa noite.

beijooo.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Sandra
Tomara que ele ouça
o seu clamor,
e venha acabar
com sua dor.
Bjux

AC Rangel disse...

"Apenas perdi a pressa,
o jeito desastrado de amar,
a ânsia por teus carinhos.
Daquele gosto não esqueço,
e sabes que dele preciso.
Ainda te busco nas noites
e sei que de mim precisas,
menos que eu de ti.
Te aguardo com paixão,
breve te encontrarei."

beijo

Manuela Freitas disse...

Poema com muita força de alma, como é tua característica. Gostei Sandrinha.
Se quiseres tens um selo no meu blogue, e não quiseres não há problema! rsssssssssssssss
Beijinhos,
Manú

Marinha disse...

Ai, que lindooooo! Emocionante!
Adoro ler teus escritos, Sandra.
Um beijo de luz pra ti.

valdivino disse...

Menina que lindo, maravilhoso perfeito,

bjos.

Vozes de Minha Alma disse...

Sandra
Este é outro daqueles teus poemas que ficou dez!
Real, e em sintonia com nossa alma quando ama, quando sofre e quando sente falta da pessoa amada e não é correspondida.
Um abraço fraternal, bjs.

Saozita disse...

Olá querida Sandra, gostei do poema, com expressão e forte! Espero que seja só mesmo um poema, senão diria que esse amor, não merece a mulher que o ama.

Tem uma boa semana.
Bjs

Sãozita

Daniel Savio disse...

Poesia linda, mas fiquei pensando, tem gente que não sabe amar...

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

*Mi§§ §impatia* disse...

É amiga eu tb tenho me feito essas perguntas....mas acho que as respostas nunca as terei....
Beijos linda.

Fatima disse...

Triste tb é perder alguem que esta perto da gente.
Bjs linda.

Zil Mar disse...

Oi querida....

Olha que poema lindo...me fez até lembrar de Vinicius de Moares...

Vc é uma grande Poetisa!!!!

Me encanta seus poemas!!!!

bjos linda!

Zil

PS:VC TÁ LINDA NAS FOTOS!

Marilu disse...

Querida amiga, quantas vezes fazemos essa pergunta "Onde foi que nos perdemos"? O pior é que na maioria das vezes não encontramos a resposta. Adorei. Beijocas

SAULO PRADO disse...

Não sei onde foi que vocês se perderam... Mas de uma coisa eu tenho certeza, se existe um perdedor é ele... Que se perdeu em seus encantos...

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Sandra! Passando para agradecer pela honrosa visita, bem como, as palavras amáveis deixadas no seu comentário sobre a nossa comemoração de segundo aniversário. Gostaria de poder continuar contando com o seu valioso apoio que somente me incentiva e me fortalece.

Muito obrigado e fique certa que a recíproca é e será sempre verdadeira.

Belo poema amiga. Talvez não se trate de um abandono, mas de uma simples viagem.

Abraços e que DEUS nos abençoe.

Furtado.

Nas Asas da Poesia disse...

Palavras soltas como pássaros de asas abertas que não possuem
destino, nem desatino, apenas pulsam em voos livres... Pois que
voem livres as palavras, que ecoem em canções e gemidos. Em
pranto e prece, até que se calem todas as feridas, todas as iras...
Que a palavra finalmente expressa, seja livre, doce e calma.
Definitivamente liberta...

Sonia Schmorantz

Amor & Paz na sua noite!Beijos!...M@ria

Paulo Tamburro disse...

OLÁ SANDRA,

eu volto , estou internado aqui na Fazenda da Rede Record.

A primeira vez que me mandarem para roça, eu saio correndo para te ver! (rs).

Um abração carioca!

Ps.Se eu ganhar os dois milhões compro a Kopenhagen pra você.

Combinado?

Fala sério! rs.

angela disse...

Como é difícil ficar assim esperando alguém que não vem. Melhor desistir.
beijos

El Brujo disse...

Não sumo e não saio!

Everson Russo disse...

O amor é assim, vem intenso feito furacão, e a gente vive aquele momento, não sabendo depois o porque ele se foi,,,nos deixou, e deixou tudo desarrumado....um grande beijo de linda quinta pra ti querida.

Luis Nantes® disse...

Belíssimo post, viu? Ainda vou escrever assim... Beijos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Ai, a falta que o amor nos faz. Um verddeiro castigo esta ausência.
Beijos, querida amiga,
Renata

Delciana disse...

Maravilhoso! como tudo o que você escreve!
Emocionante, tocante, encantador!
Beijo Lindona!

Luna Sanchez disse...

Esse texto traduz o estado em que eu estava há algumas semanas, amiga...pura aflição!

Que bom que passou...rs

* Claro que te ajudo a colocar tua voz no blog, com prazer! Me envia um e-mail , ó : luna_guriagaucha@hotmail.com

Beijocas, ótima quinta!

ℓυηα

Luna Sanchez disse...

Esse texto traduz o estado em que eu estava há algumas semanas, amiga...pura aflição!

Que bom que passou...rs

* Claro que te ajudo a colocar tua voz no blog, com prazer! Me envia um e-mail , ó : luna_guriagaucha@hotmail.com

Beijocas, ótima quinta!

ℓυηα

Luciana Klopper disse...

Depois dessa, há de voltar!!!

Regina Rozenbaum disse...

Posso assinar abaixo da Sãozita e do Antônio? Assinei! Aqui, minha engordativa...tá lindona dimaiiiisss nas fotos aí ao lado e adorei o STOP!!!rsrs
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Anjo Bom disse...

É triste demais perder alguém principalmente quando a expectativa daquilo que ainda poderia ter sido fica corroendo a gente. Lindo o seu blog. Espero que visite o meu também. Tô construíndo aos poucos mas mesmo assim espero sua visita. Beijos.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Sandra!

Que belo e sentido chamado!!

Tenho certeza de que ele não irá resistir!!!

Um beijo carinhoso!

Sonia Regina.

AC disse...

Difícil resistir a um apelo assim...
Muito belo, Sandra!

beijo :)

Ricardo Calmon disse...

Aqui pousei,para achocolatar-me, de ternuras e poesias tuas,bzix girassolicos em tu e nesse mininu lindo que amas tanto!

smackkkkkkkk

Ricardo Calmon disse...

Aqui pousei,para achocolatar-me, de ternuras e poesias tuas,bzix girassolicos em tu e nesse mininu lindo que amas tanto!

smackkkkkkkk

APAIXONADA disse...

Oi amiga linda obrigada pelo carinho ja estava com saudades das suas visitas beijos

akitoueu disse...

Poema lindo,numa linda e formosa mulher...como podes esperar que alguem te ame?

beijo

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amiga! Passando para te desejar uma sexta-feira repleta de amor e paz.

Beijos,

Furtado.

Everson Russo disse...

BEijo carinhoso e um lindo final de semana pra ti querida.

Juci Barros disse...

Lindo d+!
Beijos.

REGGINA MOON disse...

Sandra,

Que lindo o seu verso...essa agonia quando não sabemos o que pensar e nem como agir diante de alguém que amamos, mas se demonstra ausente de nossa vida...é complicado.Sei bem!

Um grande beijo e bom final de semana!

Reggina Moon

**Tem selinho no Verso & Prosa

Braulio Pereira disse...

Sandra

menina de ouro
és a minha alegria
ouvi a tua prece!! tesoro..
uma lágrima caía..

bom fim de semana

beijos meus ternura!!

Daniel Savio disse...

Menina, quem disse que tu não é minha amiga?

Eu te considero sim, e muito...

Vamos por etapa, aquele texto foi escrito visando uma pessoa que do nada me deu selo (nota, nunca tinha comentado antes no meu blog, ou eu ño dela), ai visitei o blog da pessoa, e deixer os meus comentários "padrões".

Então ela se sentiu ofendida e me chamada de idiota, ai vai eu tentar explicar que era o meu jeito e blá, blá, mas para ela, eu era o ironico idiota, entendeu o problema (se tivesse ido a mais do que um "tenho um selinho para ti saberia o que eu sou, como tu sabe, entendeu?)?

Tem gente que faz número de seguidores nos blogs (pessoas que não frequento quando percebo este tipo de comportamento) com a parte do que tu citou "do que legal aqui (estou te seguindo)".

Concordo que temos de ter educação, mas ai que está o problema, mesmo sendo educado, tenho de evitar tocar algum assunto?

Sei lá, vejo a amizade com algo único, algo que vive além do "não quero fazer (e com isto perdi a tua amizade)", por isso que demoro a chamar de amigo, entendeu?

Bem como sei que as minha interpretações são meio sem noção as vezes, mas são as minha interpretações, de algo que li em ti.

Então se ficou algo em dúvida do que eu escrevi, pode perguntar, ok?

Bom final de semana menina e amiga Sandra Botelho.

Obs: o menino é o meio jeito carinho mesmo, também usado com sentimento, boba.

Fique com Deus, menina.
Um abraço.

Marinha disse...

Amada, indiquei teu blog para o Prêmio Dardo. Pega o selo lá no meu blog. Espero que gostes.
Um beijo

Zeze Mendez disse...

Oi. Meio sem tempo, mas passando nos amigos pra desejar aquele ótimo fim de semana, cheio de paz, saúde e alegria!!

Poemas Proibidos disse...

Você é Sensacional! Adoro a sua Visita.
Adorei seu fundo Musical!

Beijos com bastante chocolates!

Machado de Carlos disse...

... principalmente um amor cheio de ternura e com pílulas de chocolate.
Coisas maravilhosas que gosto desde criança.
Obrigado pela sua belíssima presença; tanto aqui, como lá em meu blog!

Beijos!...

MEUS PENSAMENTOS disse...

como são lindos os teus versos!
beijo e bom fim de semana!

Daniel Costa disse...

Sandra

Que Poema! Que belos momentos de poesia, senti na sua leitura!

Beijos

ONG ALERTA disse...

Que todos possam dancar no rítmo do amor, lindo.
Beijo Lisette

Cristina Lira disse...

Amei...parece até que era meu coração quem falava estas palavras enquanto eu as lia, e eu que me pergunto:
"por onde andas amado meu?"
?