segunda-feira, 16 de maio de 2011

Apatia



Déspota sociedade de conceitos vis, 
por onde andará tua honra? 
Onde estão teus guerreiros que não mais lutam por ti?
Porque feristes de morte teu orgulho?
Ò infame Pátria antes tão amada, onde residem agora chacais em gula de riqueza e dor
Guerreiros de minha terra, porque amordaças-te tua voz que antes gritava aos ventos por liberdade e igualdade?
Povo que hoje é medíocre e acomodado, que se cala diante das atrocidades de urubus sedentos da carniça da corrupção, do preconceito e da ganância.
Guerreiros que puseram no coldre suas armas que agora enferrujam na covardia e no medo
Pátria que antes era adorada hoje adormecida não ostenta mais sua flâmula
 Risos mortos, amarelados em comodismo, 
Ri-se da corrupção, torna-se piada a malandragem, a fome a miséria, o crime.
E se multiplicam as comédias...
 Guerreiros que antes lutavam pela honra, onde estão?
Para onde voou a coragem, em que torre, de qual castelo morre emudecido e acorrentado o patriotismo?
Ó patria antes amada, agora abandonada a vis criaturas do mal,
 levante-se e grite, pois por ti ninguem mais luta.
Teus filhos choram, morrem, ranger de dentes é o que se ouve em todos os cantos.
Ó guerreiros onde foi se aninhar e adormecer tua coragem?
Veja! Sobre a terra o sangue de teus antepassados grita por justiça.
Brasil, meu brasil brasileiro, onde tem palmeiras e onde o sabiá não mais canta..Ele chora.

Sandra Botelho



41 comentários:

нєllєи Cαяoliиє disse...

chora por uma realidade cada vez pior,onde a paz é a extinta da vez!
Triste e profundas suas palavras,Sandra.
Parabéns por tamanha qualidade de Post!
Beijo pra ti*

Pamela disse...

Solta esse grito de salva que está preso na garganta.. Progresso e desordem... desordem e abandono... liberdade perde sentido, é restringido silêncio preso detro de seus filhos!!!
Filhos de pátria Brasil, refaça seus conceitos, afetive por sua terra, seu leito, seu espaço.. seu. Amor a pátria, respeito, renascimento... construir o que tornou-se ruinas... Filhos coragem, flhos liberdade, filhos ação, Guerreiros Brasil... Tua pátria precisa de ti, da tua força, da tua honra!
Flor mais uma vez seu texto foi lindo... me fez refletir... é triste ver esse padecer de nossa nação, ver nossa casa Brasil perder valor pelos seus próprios proprietários...

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Sandra
Pesado, mas infelizmente verdadeiro. Estamos apáticos diante de tantas mazelas que assolam nosso país. Miséria, roubalheira política, violência, impunidade, etc nada disso tem mais nos incomodado, parece que nos acostumamos com todas as tragédias, que nem reagimos mais.
Bjux

Juliana Lira disse...

É Sandra,

O acomodismo é o parasita que contaminou nossa naçao. E o conformismo... Adorei esse post! Gosto do jeito como escreve, expressa verdade e paixao, seja em um texto romantico ou crítico.

Milhoes de beijos

Mafia Sonora disse...

Realmente o Brasil precisa de mais lutadores, a sociedade está muito apática perante todos os escândalos de corrupção que assolam o congresso, temos que voltar a colocar as pessoas nas ruas e protestar com certeza, lindo texto beijão Sandra.

Sil disse...

Bons inquiridores questionamentos...
Abraços.

Marilu disse...

Querida amiga, enquanto houver tanta corrupção, tanta impunidade, tantos "esse é o país do da-se um jeitinho", o dinheiro tudo compra, aqueles que deveriam nos defender, pois foram eleitos para isso são os que mais desviam verbas, da saúde, educação etc...
Em Brasília a poucos dias, um hospital foi fechado pois os médicos tinham que fazer "vaquinha" para comprar gaze, esparadrapo, essa é nossa Pátria Amada, nossos verdes campos, já perderam a cor. Enfim somos guerreiros cansados de lutar contra as armas poderosas dos grandes e corruptos políticos. Parabéns pelo texto. Beijocas

Regina Rozenbaum disse...

Se nomeias isso APATIA não sei bem o quê nos aguarda quando estiver no oposto!
Beijuuss, recheados de sôdades doces docê, n.a.

Paulo Braccini disse...

Agradecendo e retribuindo o carinho da visita. Uma viagem e tanto poder desfrutar de suas emoções aqui traduzidas em palavras, pontos e vírgulas. Seguindo.
Lamentavelmente esta é a realidade de nosso país e mais lamentavelmente ainda é q isto traduz a mentalidade de nosso povo.
Meu e-mail está lá no blog na barra lateral em Cova do Bratz, assim como, todas as formas de se comunicar comigo.

bjão querida Sandra

Paulo Braccini disse...

Agora fiquei na dúvida se meu cometário foi ou não ... se vc recebeu desconsidere este ...

bjão

Manuela Freitas disse...

Querida Sandra,
Que texto forte e bem escrito!
Aqui em linguagem pop costuma-se dizer «pôr a boca no trombone» ou «pôr o dedo na ferida», mas de facto está certo, pensando no que também se passa por aqui!
Beijinhos,
Manu

manuel marques disse...

Bravo,bravo,bravo.

“A apatia está por toda a parte. Ninguém se preocupa em verificar se o que está sendo pregado é verdadeiro ou falso. Um sermão é um sermão, não importa o assunto; Só que, quanto mais curto, melhor.”

Beijo.

José Sousa disse...

Oi meu doce gostoso de chocolate!

Aqui estou para a te seguir, já eramos seguidores e persiguidores...rs, segue-me também em:

Transpondo Barreiras.

Adoro teus escritos como sabes, o que escreves entra-nos na alma, lindo mesmo! E tu, minha linda Sandra, que bem ficarias lá no meuu novo! Vai lá querida! Te espero.

Beijinho, bem achocolatado.

Nilson Barcelli disse...

Gostei do teu grito, brazuca linda...
Parabéns pela força que deste ao poema.
Beijos, querida amiga Sandra.

Tempestade disse...

Adorei o texto.

Infelizmente a nossa realidade é esta. Estamos num buraco cada vez mais fundo.

=(

bjokas

Nina ✿

www.tempestade-floresnocaminho.blogspot.com

www.devaneios-fragmentos.blogspot.com

Tempestade disse...

Adorei o texto.

Infelizmente a nossa realidade é esta. Estamos num buraco cada vez mais fundo.

=(

bjokas

Nina ✿

www.tempestade-floresnocaminho.blogspot.com

www.devaneios-fragmentos.blogspot.com

Lena disse...

Sandra,
Infelizmente verdadeiríssimo. Sinto-me completamente infeliz em ver como andam as coisas nessa nossa eterna pátria Brasil.
Seu texto ficou esplendoroso!
Bjkas com muito carinho e uma bela semana pra você.
Em tempo: adorei o lay-out do blog!!!

Rosemildo Sales Furtado disse...

É Sandra! Parece que perderam a formula. Já não se faz mais brasileiro como anteigamente.

Belo post amiga, bastante verdadeiro. Parabéns!

Beijos,

Furtado.

Daniel Costa disse...

Sandra

Chacais, medíocres, curruptos é o que a sociedade vem produzindo, presentemente. Mais do que nunca, o poema parece escrito em e para Portugal, onde também já não há cavaleiros a defenderem o país, nem sequer as suas damas. Estão também em vias de extinção os garbosos cavalheiros. Até quando? Naturalmente será a natureza a encarregar-se de novos alinhamentos, de pôr fim a tantos desmandos.
Biijos

A.S. disse...

Essa dura e triste realidade está para além das fronteiras do Brasil!
A sociedade em que vivemos está numa degradação acelerada. Que todos os silêncios gritem, que todos os guerreiros se levantem para tentar que a esperança de um novo mundo renasça em cada um de nós!...


Beijos, querida!
AL

Jorge Pimenta disse...

amiga sandra,
ainda que tenha o sabor do chocolate, há momentos em que a voz não deve guardar os seus espinhos.
beijos em manifesto!

Sandra Ribeiro disse...

Menina, fiquei toda arrepiada e a cada momento, a cada nova palavra que eu lia, uma conscientização foi criando forma aqui, tão verdadeiro e tão bom de ler...E com uma finalização que dispensa comentários..."onde o sabiá não mais canta, ele chora". Parabéns por tamanha inspiração!

Sonia Pallone disse...

Tão lindo, sofrido e verdadeiro o verso final!!! Beijos querida, não se preocupe por ter trocado a imagem, eu também vivo fazendo isso, a gente enjoa né?...

angela disse...

Muito bom, Sandra.
O amor tem várias formas e quem ama verdadeiramente estende este amor ao seu redor e o esparrama por tudo e por todos.
beijso

RELTIH disse...

BELLA ORACIÓN A TU PAÍS.
BESOS

Sergio Martins disse...

Que lindo texto, parabéns!Infelizmente, nosso país está se afundando cada vez mais, e o que mais me preocup é a apati que domina o povo. É uma pena, tudo isso. Bjs!

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Sandra, gostei do seu texto...Espectacular....

Só existem dois dias do ano que nada pode ser feito.
Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto,
hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.

(Dalai Lama)

Cumprimentos

PauloSilva disse...

É muito triste esta realidade dos povos de hoje em dia. Em que foram tão guerreiros e bravos agora são tão lacrimejosos e tristes. E o que vemos nós? Que parece nada ter valido a pena se os costumes bons se vão como simples palavras ao vento.

Muito bom ler esse amor pela pátria aqui e um grande obrigado por comentar os meus escritos.

Boa semana :)

yanne passos disse...

Oi Sandra,

O poema arrepiou e como me identifiquei com ele, em virtude de acontecimentos chatos que aconteceram na semana. Não tenho um dom das palvras como você mas sempre rasgo o verbo em defesa daqueles que necessitam. Tenho pavor de preconceito, injustiça e não há quem me cale, vou repudiá-los sempre.
Beijos.

Marcia Morais disse...

E parecemos todos inertes conformados demais ...

Joakim Antonio disse...

Interessante como pensamentos percorrem as mentes de quem escreve, hoje escrevi algo sobre isso, no meu caso, programado já. Mas acho muito legal quando ideias convergem num mesmo ponto, dá pra sentir no ar as mudanças.

Devemos nos indignar sempre, mas fazer algo também, cada um devia usar seus dons para fazer parte da transformação.

Parabéns pela sua bela parte!

Abraços e uma noite de paz!

Machado de Carlos disse...

Lembro-me dos meus tempos, da era militar. Muitos queriam ser déspotas e transformar suas vidas em sangue pela própria pátria. Por a tão vil época militar, todos sonhavam com a utopia da liberdade. Alguns aderiram o sistema Hippie à procura de uma libertinagem.
O Brasil era campeão mundial de Futebol e, todos se vestiam de verde e amarelo, daqueles tempos que a mídia não anotava nas camisetas a marca da Nike. Naquele tempo não havia os donos da cocaína.
Hoje tudo é globalizado. Parece que o mundo é único. Criamos empregos em outros países e pagamos por isso.
O grande futebol se transformou em grandes momentos envolvidos pela mídia.
Naqueles belos tempos que éramos felizes e não sabíamos o Brasil tinha sessenta milhões de habitantes, hoje chegamos a cento e noventa milhões de habitantes. Estamos dentro de uma época em que o ser humano se transformou em robôs, tudo hoje é feito à base de máquinas. A palavra Solidariedade perdeu o seu valor!
Entretanto, apesar de tudo isso ainda sonhamos com os beijos...
Beijos à base de chocolates!...

Tô Ligado disse...

"Que país é esse???" Já dizia a canção...

*MARCIA E CARLOS* E LINDAS MENSAGENS disse...

boa noite anjo!!
A vida é um misto de luz, sol
e chuva, riso e choro, prazer e dor.
Nem todos os dias podem ser brilhantes,
mas é certo que nunca houve
uma nuvem através da qual o
sol não brilhasse depois.
Cada vez que você sorrir e ver
que isso é verdade,
alguém em algum lugar, sorrirá
de volta pra você, e nada
no mundo pode tornar a vida
mais valiosa do que a luz do sol
e o calor de um belo sorriso!
bjos de marcia e carlos

Vinicius.C disse...

Em verdade que cada vez mais nos deparamos com a falta de tudo.

Uma pena, uma realidade mesquinha.

Um beijo enorme Sandra!

Espero por vc no Alma!

Yohana SanFer disse...

Sandra, vc sempre surpreende com sua escrita linda e seu vocabulário rico...texto intenso e justo...hoje chora o sabiá e toda seu bando, no sentido coletivo ou generalista da palavra! Bjo, adoro sua visita! =)

AFRICA EM POESIA disse...

SANDRA
Hoje
Venho expressamente deixar um beijo e agradecer o carinho pelo aniversário do Zé António


BEIJO

Sonhadora disse...

Minha querida

Uma triste realidade que...não só do Brasil mas por todo o lado, infelizmente.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Dri Andrade disse...

Oi Sandra,
legal seu blog,gostei daqui,voltarei beijos

Daniel Savio disse...

O Brasil anda mesmo negligenciado pelo o seu povo...

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

Parole disse...

Desabafo poderoso, Sandra.Gostei muito.

Faz tempo que deixei de acreditar nesse país.Como vc bem disse, aqui, tudo vira piada e assim vamos disfarçando nossa incapacidade.

Beijos.