segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

E no desenrolar dos fatos...


E no desenrolar dos fatos...
É hora de recomeçar...
De afrouxar os risos...
De pendurar os guisos da alegria,
bem expostos no coração...
De sorrir de qualquer bobeira...
De me apaixonar todos os dias,
pela vida, pelos sonhos, por meus amigos...
Por mim mesma!
É hora de dançar na chuva, de mergulhar em fantasias de felicidade.
Hora de botar a mão no fogo.
E se me queimar...tentar de novo.
É hora de compor uma canção de verdade!
E chega de dor...Chega de desamor...
Poemas tristes, só se forem fictícios...
É hora de valorizar todo amanhecer.
Porque cada amanhecer traz com ele a alegria de se poder
gritar...Estou viva!
E enquanto estou viva, posso mudar, posso crescer...Florescer.
E no desenrolar dos fatos...
Reencontros, abraços, beijos, trocas, oferecimentos, perdão.
A magia de estar viva é isso...Todos os dias podemos recomeçar.
Todos os dias podemos mudar o rumo de nossas vidas.
Porque quem muda, não embolora...
Hora sol, hora chuva...Hora tempestade , hora calmaria...
mas é Vida.
E acima de tudo gente, que é gente de verdade!
Gente que se arrepende, que corrige.
Que dá meia volta e segue por outros caminhos!
Gente que não tem orgulho em aceitar seus erros e voltar atrás.
Gente que mergulha de cabeça nesta aventura maravilhosa de amar.
E, se se machuca, cai, mas se levanta e recomeça.
E no desenrolar dos fatos...
Desenrola a vida, desembaraça os fios...
E tece de novo uma nova história!

Sandra Botelho

16 comentários:

Claudete disse...

olá Sandra, como é bom retomar a vida nas mãos, que por vezes escorregadias, nos impedem de exercer com maestria a magia de viver, e, viver plenamente na certeza de somos espelhos onde os que pululam em torno podem se refletir...Tristeza faz parte, Alegrias nos buscamos e partilhamos. Você cada vez mais tocante. Que venham suas belas sinfonias. Beijos.

Sueli disse...

Quanta maestria para escrever o tema, Chocô! O "desenrolar dos fatos" provou-nos toda essa verdade que escreveste; essa verdade descrita em poema. Parabéns! Amei!

#*Marly Bastos*# disse...

Sempre é hora de ser feliz! E se for pra recomeçar que assim seja, o importante é nao deixar a vida correr mais depressa que a gente!
Boa semana Sandra.
Bjks doces

José Eron Lucas Nunes disse...

No desenrolar dos fatos a gente se rola, rebola, se enrola e se desenrola... mas vai levando esta vida.
Muito bom, Sandra!

Majoli disse...

E no desenrolar dos fatos...ler-te é algo ímpar, é sentir-te e dizer que suas palavras criam vida e é como se a ouvisse declamar.
AMEI!!!

Beijos mil Chocolate, menina muito amada!!

Regina Rozenbaum disse...

"E chega de dor, desamor..." Bora lá, né lindeza, tecer uma nova história. Que os D'uses da poesia me ajudem...como fizeram com vc.
Beijuuss

edumanes disse...

No desenrolar dos fatos
Você começou a escrever
Versos lindos e relatos
Deitada no chão antes de adormecer!

Em seu corpo ela haver
A beleza perfumada
Nunca a deixe perder
Perdida pode não ser
Por quem você deseja encontrada.

Boa terça-feira para você,
amiga Sandra Botelho.

Um beijinho
Eduardo.

Malu Silva disse...

Encontrei aqui por meio do blog de uma amiga e achei muito belo o espaço. Gosto de páginas assim, cheias de emoção...
Abraços

✿ chica disse...

Que legal!!Vi na Majoli e adorei ver a alegria de vocês! beijos praianos,chica

Toninho disse...

Lindissimo Sandra.
Uma inspiração numa construção de estimulo e sabedoria belamente traçada com sua bela arte.
Estava com saudades deste poetar.
Acho que o link de seu blog deve ter mudado pois não a via nos meus favoritos,que agora adicionei.
Meu carinhoso e saudoso abraço amiga dos chocolates.
Bjo de paz e luz.

Geisa Machado disse...

Encantador... como tudo que vc escreve e vive, minha querida.
Este poema soa como uma melodia, a melodia da vida cantada em prosa e verso.
A vida é um desenrolar incessante de fatos, e você foi abençoada quando disse que "quem muda, não embolora" ou seja, quem acompanha o ritmo deste desenrolar está em plena evolução. Tenha a certeza que você jamais embolorará.
Um grande beijo!!!

Elaine Barnes disse...

Puxa vida que bonito tudo que escreveu miga, fico emocionada como você dança com as palavras e faz tudo ficar num ritmo de encantamento. Amei!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Sandra
É hora de viver, sem medo de ser feliz.
Bjux

Beatriz Bragança disse...

Minha querida:
O seu texto é maravilhoso.Devemos deixar o passado para trás e viver cada dia,que é o PRESENTE que Deus nos dá-sempre igual,sempre diferente.Devemos aprender com os nossos erros.
Concordo consigo que devemos amar,pois o Amor é uma coisa maravilhosa.Parabéns pelo texto.
Um abraço da
Beatriz

Ingrid disse...

perfeito!
arriscar é viver..
tentar é sonhar..
beijos linda.

Manuel disse...

Hoje senti-me muito feliz.
Primeiro por que encontrei a sua presença, o que é bom. Depois porque nos deixou um poema de esperança, uma mensagem de vida,
Um beijo

Meu sereno amor

Meu pequeno pedação de sonho! Me leva pra passear? Por ai em qualquer canto, onde o sol me descanse do calor... Me lembra...