terça-feira, 5 de maio de 2009

Quem sou eu?

Minha história é bem interessante,

nem sei porque decidi falar de mim:

Acho que presunção mesmo, ou talvez queira

mostrar para as pessoas como sou imprescindível

na vida delas ou deles... Arrogância? Não!

Bom no decorrer do relato vocês vão perceber quem sou eu.

Eu nasci no bairro paulistano do Brás, isso no Brasil claro,

fui trazido pra cá na bagagem de Charles Miller.

Em 1895 me mostrei as pessoas, todos se encantaram por mim,

e por isso sigo até hoje, tendo fama e fazendo a alegria de todos...

As pessoas do sexo feminino não me amam tanto,

sou o preferido do sexo oposto,

Não que eu seja gay, longe disso.

Mas tenho o dom de encantar os homens,

Por mim eles deixam tudo de lado,

ás vezes nem entendo porque, pois

sou formado por vários outros homens,

e estes sempre me idolatram, porque alem de dar a eles prazer

dou-lhes fama e fortuna.

Nunca me abandonam, são fiéis a mim desde a infância, até a velhice,

Não preciso me perfumar para que queiram estar sempre perto de mim,

Não uso roupas bonitas ,nem colantes e tampouco sensuais, pelo contrario, geralmente

São largas e confortavelmente, despojadas, e na maioria das vezes, bastante parecidas.

Salto alto nem pensar, apesar de que meus calçados tem pequenos saltinhos em todo solado...mas não exibem beleza nenhuma.

Eles vem até mim e pagam por isso.

Me alimento de gritos, aplausos, hinos, as vezes vaias, mas quando isso acontece, não são dirigidas a mim.

Divido opiniões, brigam por mim, uns me preferem vestido de vermelho e preto, outros de branco e preto, outros de azul, cada um gosta de mim com um nome.

Não me importo com isso, deixo que me chamem pelo nome que quiserem, se isso os faz felizes...

Estou em quase todos os lugares, não faço distinção de raça, cor ,situação financeira nada,

Me exibo em qualquer lugar...seja grande pequeno, num quintal num quarto, numa sala...

Onde me quiserem eu estou lá. Para alegrar meus fiéis fãs.

E pra lhes dar prazer, nem preciso aprender técnicas de sedução.

Consigo que fiquem sem tirar os olhos de mim, e nem faço nada pra isso,

Eles sempre vibram de prazer, de alegria...

Não precisam nem me ver para se apaixonarem, podem também somente me ouvir,

Ficam maravilhados com o que ouvem...

O que eles mais gostam é um grito que surge de mim, ou por minha causa.

E olha que este grito é que lhes dá mais prazer.

As mulheres não gostam de mim, somente as mais seguras,

Motivos pra isso elas tem e muito, mas sou um rival leal, nunca exijo atenção exclusiva, elas podem ficar deitadas ao lado deles enquanto eles se extasiam comigo, enquanto se alegram, enquanto vibram de prazer...

Permito que elas fiquem assistindo,sou fantástico.sou maravilhoso,sou grande, amado, idolatrado...

Aquelas que gostam de mim, meu muito obrigado, ás que não gostam...sinto muito.

Quem sou eu?

Sandra Botelho

2 comentários:

Paula disse...

Ah! Será que é o futebol????
kkkkkkkkkkk. Ou estou dando uma bola fora???
Ai Meu Deus!!!

Anônimo disse...

eu também pensei qe era o futebol =D