quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Coração do mundo

Era um homem da vida, tinha um amor pagão, No coração dele morava, o gosto doce da paixão! Mas tinha em seu peito uma enormidade de amor, Que em amar apenas uma , sentia pavor... Então pela vida dividia, tudo que no peito sentia! Amava a Paulista, que foi sua primeira conquista. Amava a carioca, que o amor nunca foca. Amava a mineira que se entregou por inteira. Amava a Cearense, que a paixão nunca vence. Amava a Baiana, que só gostava de cama. Amava a Européia, essa foi quase uma epopéia. Amava a Adolescente, que amor ainda nem sente. Amava a Senhora, essa foi-se embora. Amava a Jovem, se foi como nuvem. Amava a Maria, que quase não via. Amava a Amélia, e também a Adélia... Tinha a Sónia, que era companhia na insónia. Amava a Sandra, que no coração o amor manda. Amava a Sebastiana, que sempre foi insana Era cidadão do mundo, assim como seu coração, Era romântico e doce o poeta da emoção, Mas vivia sua vida como águia sem pouso, Como viajante sem repouso, Vivia para amar, a todas se entregar. A apenas uma , seu amor não queria dar. Não se sabe o que o fez assim, Talvez uma paixão mal resolvida, machucada,ferida, dolorida. O fez trancar o verdadeiro amor. E de se entregar sentir pavor. Assim vive o poeta da dor, o poeta do amor! Achava egoísmo a uma só mulher entregar. Todo amor que tem para doar. Sandra Botelho!

15 comentários:

Everson Russo disse...

Com certeza o verdadeior amor nao mora no coração desse homem,,,,um beijo e um lindo dia pra voc.e

Saulo Nunes disse...

o Pessoa é excelente tbm adoro!
obrigada por visitar assim meu blog fico feliz q goste de la!!!

querida venha sempre sera sempre bem vinda!
bj_na__alma!

(Carlos Soares) disse...

Legal,Sandra. Nem vou me atrever a comentar,pois já fui acusado disso... rs rs mas agora estou mais quieto.bjs

Fatima disse...

Se ele fosse mulher teria outro nome!
Bjs.

SAULO PRADO disse...

Coração vagabundo que se perde no mundo
Quando achou um aconchego
foi vencido pelo medo...


Sua ficção construiu um homem fadado a solidão!!!

Lucas disse...

hmmmmmmmm amei

gostei msm

eu sempre me guardei pra quando achasse 1 amor seria somente dele e tal até q comecei sentir falta de certas coisas besteirinhas, sai com algumas sem amor so pra estar com alguem enfim hoje acho que devemos experimentar amar não só 1 pessoas mas varia pra quando o amor real chegar a gente reconhecer, tem mt gente q nao desencana da pessoa errada por nao saber q ela pode sentir amor por outras e sentir-se bem mais feliz sem 1 parametro a gente se perde

bjxxx

Kim Sousa disse...

oi Sandra, o que sempre levava o meu pai a dizer aquela frase era o fato de que realmente nunca se sabe td, mas que sempre se tem que correr para saber o máximo possivel...ele sempre me educou para ser alguém digno e nunca desistir por bobagem...ele sempre repetia oq Jesus dizia: "O caminho do excesso leva o palácio da sabedoria..."

Abração...e seguindo o coração do mundo que a via nos trás felicidades, algumas estranhas, mas algumas reais...

Kim Sousa disse...

Ah minha amiga, agora sim compreendi...mas acho que foi eu que não compreendi direito isso sim...

Bem, agradeço-lhe pela força e compreenção...Abração e te adoro minha cara amiga...

Bia Maia disse...

Quem muito quer,...
NADA tem...

beijos com muito carinho!

Biazinha

Marcelo Mayer disse...

esse cara é tripolar
rs

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, está mais para que uma poetisa caiu na lábia deste amante "profissional"...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de maldade.

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

Anita "Menina Flor" disse...

Adorei Sandra! Tem muitos desses tipos por aí, coitado deles rsrs. Acredito que seja uma maneira de se esconder de si mesmo.

Bjs

Daniel Savio disse...

Vamos dizer que um cafajeste (mesmo com um que de poeta) não faria uma poesia sobre as que ele pegou, então sobrou para uma das vítimas deles escrever...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de maldade...

Desculpa a liberdade, mas é meio que a lei dos Cafajestes, nunca dizer com ele saiu...

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

Elaine Barnes disse...

Caraca!Um pseudo galinha rs...É minha amiga, tem gente que se acha a última bolacha do pacote.Tô com a Bia " Quem tudo quer nada tem" E quando desdenha então...Quer comprar,mas, não tem cacife!Sempre existirá um homem cafa e sempre existirá uma mulher para usá-lo enquanto ele pensa que só ele usa.Ele é descartável,enquanto pensa que descarta. Sempre existirá uma mulher que nasceu pra ser matriz e pode escolher. Enquanto isso ele tem de se contentar com as filiais que normalmente são tão falidas quanto ele. Essa é a vida. tem de tudo. Nós podemos escolher. bjão

Juliana Lira disse...

Seria egoísmo da minha parte nunca querer cruzar com esse homem?E de quebra não querer ser a paraibana que ele amou? rsrsrsrs

Milhões de beijos

Meu sereno amor

Meu pequeno pedação de sonho! Me leva pra passear? Por ai em qualquer canto, onde o sol me descanse do calor... Me lembra...