terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Desejos...

Quando a noite lentamente adentra teu quarto...
Se despe num ritual  quase magico...
Seu corpo cansado, se joga num banho de amor!
Um corpo nu em despudor...
Eu lhe observo, como se observa um deus grego...
E lentamento me achego!
Acompanhando com o olhar os caminhos que a agua percorre.
Queria beijar os lugares por onde ela escorre...
Como desejo ser a agua que desliza sobre você!
Queria beber de ti cada gosto...
Tocar em você , cavalgar no teu dorso...
Me saciar de desejos, de gostos, sensações e beijos.
Queria te-lo em minhas mãos.
E quando inebriados de tanto desejo e paixão.
Nos tornarmos um, unidos por boca , corpo e tesão.

Sandra Botelho

16 comentários:

Fatima disse...

Eita Nossa Senhora!
Bjs.

angela disse...

Que delicia de banho!
beijos

Bia Maia disse...

É bom demais tomar banho juntinho!!

beijos, linda!

E viva 2010!!

Biazinha

Anônimo disse...

que horror

Everson Russo disse...

Moça bonita, to aqui procurando palavras pra falar do seu post,,,e só posso dizer que to precisando de um bom banho desses, demorado, refrescante a alma, sereno ao coração, daqueles que o corpo levita de tanto ter esperado o momento certo....um beijo e um dia lindo pra ti.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Muito bom seu poema.Parabéns.beijos

a magia da noite disse...

a intensidade do prazer extasia a alma.

El Brujo disse...

Aqui é realmente um banho de inspiração... na tua fonte, venho me recarregar...

El Brujo disse...

pena que as imagens sejam pequeninas, mas o que escreve é grandioso!

Alvaro Oliveira disse...

Amiga Sandra

Belo banho de amor, com uma beleza incrível.
Belissimo poema! Adorei como sempre.

Beijinhos

Alvaro

@philipsouza disse...

esse jogo de rimas me fascina....

^^

Borboleta Azul disse...

Humm..risos!
Este banho é tudo de bom!
Beijokas...♥

poetaeusou . . . disse...

*
um banho de sensualidade,
lino, belo . . .
,
conchinhas, deixo,
,
*

Everson Russo disse...

Um beijo moça bonita e uma linda tarde pra ti.

Daniel Savio disse...

Ao toque do amado, não importa quanta roupa que a gente vista...

E boa poesia.

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

A.S. disse...

Aporto no corpo que emerges,
rente á água.
Sedução plena
marcando o tempo do desejo
do amor...
dos amantes!


Beijos...
AL