quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Simplicidade

Quero amanhecer ao seu lado, Acordar mais cedo, preparar seu banho, Arrumar suas roupas, para trabalhar, E chamar-te depois para levantar. Vou preparar-te o café da manhã, Com pão quentinho e o bolo que adora. Vou sentar ao teu lado e olha-lo comer, E com meu olhar carinhoso lhe envolver. Vou levá-lo até o portão, Entregar em suas mãos meu coração. E antes que chegue á cidade, Já estarei morrendo de saudade. Cuidarei da nossa casa com carinho. Vou cuidar da horta e do jardim. Colher flores e enfeitar a casa inteira, Fazer-te uma comidinha mineira. E quando vier almoçar, Estarei sorrindo a lhe esperar. Depois do almoço abraçadinhos, Vamos repousar em nosso ninho! Mas a sua hora de ir chegará , E você ao trabalho retornará. Então enquanto espero ansiosa você voltar. Vou consertar suas camisas e suas roupas lavar. E quando a noite for chegar, Vou me preparar para te encontrar. Em um banho gostoso, vou me perfumar, Estarei linda, e prepararei nosso jantar Com um abraço de saudade te acolherei. E juntos vamos comer nosso alimento, E fazer deste modesto momento, Um momento de puro contentamento. Juntos iremos olhar as estrelas, E fantasiar um futuro de certezas. Faremos planos para o futuro. Planos para um amor tão puro. E quando o sono chegar... Em felicidade iremos deitar. Com um beijo começaremos a nos amar, e em um sono delicioso, Iremos um com o outro sonhar! Contradizendo a todo aquele que diz: Que é difícil ser feliz... Mostraremos ao mundo, Que basta amor e simplicidade, Para se encontrar a felicidade! Sandra Botelho!

13 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Singelo e lindo*
Amar viver, viver por amor. Ser feliz*
Muito linda é você, Sandra.
Parabéns!
Vim vê-la por outra razão, mas estou encantada* Desculpe-me, querida, por tocar neste assunto, mas li num blog amigo que você recebeu a visita daquele ser Humano criativo (7/12 sei lá +*). Publico os seus comentários, porque aquilo para mim é total carência de afeto, amor. Que seja lá.
Se precisar de alguma coisa, conte comigo.
Beijos,
Renata

Zé Carlos disse...

Sandra, menina querida, além desta garota linda como é, és uma maravilhosa poeta!!!
Parabéns pela obra de arte.

Um beijo enorme, obrigado pela sua visita!!!

ZC

sandra Freitas disse...

Que me perdõem as feministas mas ..no fundo acho que agente as vezes queria só isso mesmo..
Tenho um poema parecido que se chama "Singelas ambições". Claro que eu não gosto de consertar camisas..rsrrsrsrsr, mas a simplicidade de ser feliz, essa eu quero todo dia..
Beijos minha amiga morena linda...
Aparece lá no meu blog..

Daniel Savio disse...

Menina, isto seria uma vida de casal ótima, mas se preocupe de ser aquela que estara com ele (bem como o contrario) de estar ao lado dele quando estiverem brigado, ou que a situação fique mais cinza...

Hua, kkk, ha, ha, desculpa eu bancar o chato, mas acabei pensando nisto.

Fique com Deus, menina Sandra Botelho.
Um abraço.

Luna Sanchez disse...

Um amor e uma cabana...

Não é má ideia, moça.

;)

Beijo, xx.

ℓυηα

El Brujo disse...

é nesse aconchego que me inspiro e me sinto acolhido...

Manuela Freitas disse...

Olá Sandra,
Voltei minha querida, depois de ultrapassar umas crises. Obrigada pelo aconchego no meu blogue.
Espero que tenhas passado para 2010 na maior e que este ano sintonize com os teus desejos.
Depois de ler este teu poema, pensei que és uma fada, uma fada maravilhosa, mas não para qualquer um, tem que ser em qualidade um príncipe.
De facto a simplicidade na vida ainda é o melhor, vivendo inteiramente para um verdadeiro amor.
Beijinhos,
Manuela

Elaine Barnes disse...

O importante é viver como se sente bem e feliz.É na simplicidade que mora as coisas mais belas da vida, inclusive o amor. bjão

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sandra, querida*
Concordo com tudo.
Só observo que o ser humano deixa o comentário naquele blog chamado Eu, e Daí? Se fosse esquentar, já estaria frita e enterrada*
+*Beijos imensos e sempre com você*+
Renata

A.S. disse...

"Que basta amor e simplicidade,
Para se encontrar a felicidade!"

Bela expressão para finalizares o poema! Aliás, gosto muito da tua poesia!

Beijos...
AL

angela disse...

Sonhar é sempre um ensaio do desejo.
beijos

Everson Russo disse...

Sabe que esse poema seu dá vontade de chorar? rs..rs...de emoção, de paz, de serenidade, acredito que todos nós precisamos de uma simplicidade assim, ter alguem pra zelar, estar ao lado, esperar a cada por de sol...nossa, lindo demaiss...beijos carinhosos menina linda e um belo final de semana pra ti...

PERPLEXIDADE disse...

amor e simplicidade... amo muito esses dois sentidos da vida!

adorei, Sandrinha!

bj em seu lindo coração!
;)

Meu sereno amor

Meu pequeno pedação de sonho! Me leva pra passear? Por ai em qualquer canto, onde o sol me descanse do calor... Me lembra...