sábado, 12 de setembro de 2009

Sinais de dor

Quando a dor se faz extrema em meu coração troco os pés pelas mãos, e deixo fluir toda minha emoção perco o controle sobre a razão, É tão difícil conter as lágrimas, quando o coração fica destruído, tudo é tão intensamente triste, ainda mais agora que partiste. É doloroso demais, me lembrar de você Sempre se oferecendo para ajudar sempre estendendo a mão para amar E eu tão carente de amigos fico agora mais sozinha porque a morte mais uma vez levou de mim a amiga que tinha... Porque tanta crueldade, que mal te fiz ó morte para levares de mim todos a quem amei minha mãe, meu pai, meus amigos, porque da vida, fui ter essa sorte? O difícil é saber que agora, a vida continua! Mas eu queria aprender, a não sentir a falta sua, Mais uma vez terei que endurecer meu coração, em breve de tantas dores, ele será só pedra então! Sandra Botelho!

3 comentários:

SAULO PRADO disse...

Não endureça seu coração não; mas também tenho certeza que se ele virar pedra, vai ser pedra de diamante...

É triste porem ficou lindo o texto...

Ela disse...

Não se dasanime apesar da tristeza...
Esse poema está maravilhoso...
Mto bom mesmo...
Beijos

Bia disse...

Olá, Sandra... deve ser realmente difícil ver partir aqueles que nos são mais caros no mundo, e não é possível simplesmente pedir para que cesse sua dor. Cada um sabe o que está sentindo, e isso leva tempo. Só desejo que, aos poucos, seu coração possa se renovar!

Mudando de assunto, fico muito feliz que tenha gostado do meu texto, na minha visão, tão simples... é muito prazeroso quando as pessoas gostam do que escrevemos!
Quando o publiquei no blog, admito que fiquei envergonhada, pensando que não agradaria e estava sem nexo... mas me surpreendi ao receber comentários positivos, o que me encoraja a escrever mais!
Pode levá-lo, sim! Fico grata pelo pedido...

Grande abraço, fique com Deus!

Meu sereno amor

Meu pequeno pedação de sonho! Me leva pra passear? Por ai em qualquer canto, onde o sol me descanse do calor... Me lembra...